quinta-feira, 11 de agosto de 2016

ENTREVISTA COM BELL CUNHA, AUTORA DE SURPRESAS DO DESTINO

SINOPSE: Izabella Albuquerque e Sophia Galvão são duas renomadas dançarinas de balé. Elas se conhecem desde que tinham treze anos e se tornaram melhores amigas. Depois que o pai de Izabella faleceu, ambas resolveram abrir uma academia de dança. Como tinha mais tino para os negócios, Sophia se encarregou das questões burocráticas, deixando o referente à dança por conta de Izabella, exceto algumas poucas aulas. O negócio se expandiu e deixou de ser um simples estúdio de dança para se tornar um clube para lazer e prática de todos os tipos de esportes. Sophia, por onde passa, esbanja alegria e saúde. Isso, pelo menos, era o que Izabella achava. Esse pensamento mudou quando a ruiva, sua melhor amiga, a chamou para acompanhá-la até a praia, certa noite, e revelou que iria morrer em um mês, por causa de um grave tumor no cérebro. Bella se vê perdida, diante da noticia que recebera de Sophia e, passado um mês, está sozinha com sua pitbull Pandora. Ela deixa de dar aulas e contrata professoras de dança substitutas - uma temporária para assumir as suas aulas e outra em caráter definitivo para o lugar Sophia. As outras funções que eram exercidas por da sua melhor amiga, ficaram a cargo do irmão da mesma, o qual Izabella sequer conhecia e muito menos se dera ao trabalho de buscar conhecer, até certo dia. Depois da morte de sua irmã, Rodrigo Galvão decidiu voltar para o Brasil. Quando chegou ao Rio de Janeiro, descobriu que Sophia havia deixado para ele metade do clube do qual era sócia. Desde então, ele resolveu que colocaria sua equipe para treinar no local, e foi isso que fez. Era para ser uma segunda-feira normal, mas não foi. Uma pitbull saltou sobre Rodrigo e ele escutou uma doce voz chamando 'Pandora'. Imediatamente, a cachorra parou de lambê-lo e voltou para sua dona.


Como surgiu a ideia de escrever "Surpresas do Destino"? Eu tive um pesadelo em uma noite, sonhei que minha melhor amiga havia morrido, me senti tão sufocada que precisei colocar para fora de alguma forma, então ideias começaram a surgir. 

Quanto tempo demorou para a história ficar pronta? Se eu não me engano foram quatro meses. 

O que o leitor pode esperar de  "Surpresas do Destino"? Pode esperar romance e drama, há quem diga que chorou bastante, para ser sincera, eu mesma chorei escrevendo. 

Qual autor ou autora é seu preferido? Eles de alguma maneira te inspiraram a escrever? Rick Riordan. Sim, na verdade passei um tempo sem escrever e só voltei quando terminei de ler um livro do Rick, foi o primeiro livro que conclui, Amor da Realeza. 

Se "Surpresas do Destino” pudesse ter uma trilha sonora qual música você escolheria? Love me like you do.
Você segue carreira apenas como escritor ou tem outra profissão? Por enquanto sigo carreira apenas como escritor, não vou poder trabalhar durante um tempo já que estou grávida.  

Deixe uma mensagem para nossos leitores: Amores, vamos ler porque quem não lê acredita em tudo que ouve, não digo só para ler livros, vamos ler notícias, jornais, revistas e o que você sentir vontade, o importante é você ler. Beijos da Bell S2

Bell Cunha tem 17 anos e é do Rio de Janeiro - RJ.

PARA LER "SURPRESAS DO DESTINO" CLIQUE AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com o Facebook: