segunda-feira, 31 de outubro de 2016

ENTREVISTA COM ANDRÉ DESSIE, AUTOR DE AS INSÍGNIAS DO PODER

SINOPSE: Em 2031, todos sabem que criaturas mágicas realmente existem. Pedro Freitas é um bruxo de catorze anos que acabou de ganhar sua primeira varinha. É o primeiro dia de aula e ele reencontra seus melhores amigos. O novo semestre traz novos alunos, novos professores, e novas aventuras perigosas que envolvem muita Magia! Mas quando algo terrível ameaça ele, seus amigos e suas famílias, todos precisam correr contra o tempo para encontrar as Insígnias do Poder, cinco objetos poderosíssimos que realizam qualquer desejo, antes que um grupo de bruxos ligados à Magia Negra as encontre e concretizem seu plano, ao mesmo tempo em que vários segredos vêm à tona.


Como surgiu a ideia de escrever “As Insígnias do Poder”? Desde pequeno, na escola, tive muita influência positiva quanto à literatura. Líamos vários livros em aula, o que acabou aguçando minha vontade de escrever a minha própria história. Então, passei alguns bons anos tentando criar algo interessante. Eu sempre fui fascinado pela fantasia, gostava muito de séries de TV como Castelo Ra-Tim-Bum, A Feiticeira, A Família Addams, filmes da Disney e livros como Harry Potter. Eu sabia que devia escrever algo que unisse tudo isso: Magia, aventura, comédia, Halloween, monstros etc. Então, pensei qual tipo de livro eu gostaria de ler naquele momento e surgiu a ideia, em 01 de julho de 2009, aos 13 anos, de escrever vários contos sobre o mesmo personagem: um bruxo de treze anos, pois era a minha idade na época. Escrevi 10 contos em uma semana, o que acabou virando os dez primeiros capítulos do meu livro. A primeira versão, em 2011, tinha oitenta e poucas páginas. Quando fui amarrar as pontas soltas e dar mais vida à narrativa, acabei com um livro de trezentas e cinquenta páginas em 2015. Conheci uma editora, a Editora Raízes da América, que se interessou pela história e publicamos “As Insígnias do Poder” em junho daquele ano.

Quanto tempo demorou para a história ficar pronta? No total foram seis anos.

O que o leitor pode esperar de “As Insígnias do Poder”? Com certeza muita aventura, Magia e uma pequena crítica social! Se você gosta de vampiros, lobisomens, fantasmas, sereias, magos, bruxos, comédia, drama e ação, tenho certeza que “As Insígnias do Poder” não vai decepcionar.

Qual autor ou autora é seu preferido? Eu amo J. K. Rowling. Adoro o trabalho dela, tanto Harry Potter quanto o genial Morte Súbita. Daniel Handler (o famoso Lemony Snicket) também é incrível. E Jô Soares com seu livro “O Xangô de Baker Street”, pelo qual sou apaixonado.

Eles de alguma maneira te inspiraram a escrever? Com certeza. Eles e outros autores também. A primeira série de livros que eu li na vida foi a série Judy Moody, de Megan McDonald. Foi o que fez florescer meu gosto pelos livros. Rowling veio quando eu tinha 11 anos e mudou literalmente a minha vida. Lemony Snicket e as Desventuras em Série também me influenciaram muito, pois acho essa obra genial. Eu gostava também do estilo de RL Stine, apesar de nunca ter lido Goosebumps, mas a ideia de história de terror para crianças me fascina até hoje. Todos estes autores influenciaram de algum modo a escrita.

Se “As Insígnias do Poder” pudesse ter uma trilha sonora, qual música você escolheria? “Pequenas Maravilhas” do filme “A Família do Futuro”.
Você segue carreira apenas como escritor ou tem outra profissão? Escrever é apenas um hobby para mim. Faço faculdade de Publicidade e Propaganda.

Deixe uma mensagem para nossos leitores: Espero que os leitores do Vitamina L apreciem “As Insígnias do Poder”! É um projeto muito, muito querido sobre o bem e o mal, sobre amizade e família! É um prazer poder dividir esta história com todos vocês. Muito obrigado, pessoal do Vitamina L pela oportunidade.

André Dessie tem 20 anos e mora em São Paulo - SP.

PARA LER "AS INSÍGNIAS DO PODER" CLIQUE AQUI!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com o Facebook: