quarta-feira, 26 de outubro de 2016

ENTREVISTA COM BEATRIZ PRADO, AUTORA DE AMOR À PRIMEIRA HISTÓRIA

SINOPSE: Alice ama histórias, seja qual for seu gênero. Ama terror, fantasia, suspense e principalmente romances. E foi lendo um de seus romances online que ela percebeu uma coisa. Sua história preferida não tinha o último capítulo. Mas é claro que ela não deixaria por isso mesmo. Marcelo está na faculdade, essa que por sinal ele odeia. A vida inteira ele sonhou em escrever livros, mas como dizem os seus pais: isso não dá dinheiro e o que importa mesmo é o número na conta bancária do final do mês. Ele até escrevia um livro, mas acabou parando. Ninguém lia mesmo. Pra ele tudo bem continuar levando uma vida que não queria. O que os dois não sabiam é que alguns e-mails de cá, outros de lá, fazem a gente mudar nossas ideias de boa vida rapidinho. Uma garota que sabe bem o que quer, um garoto que não pode ter aquilo que quer, alguns e-mails e de repente... Uma paixão. Venham acompanhar esse amor calmo, leve, esse amor que começou por causa de uma história...


Como surgiu a ideia de escrever “Amor À Primeira História”? Bom, eu queria algo diferente e sempre fui meio apaixonada por histórias que comecem nesse meio virtual, então resolvi pegar a plataforma que utilizo (o próprio Wattpad) e pensar em um romance começando ali, como seria. E ai as ideias começaram a surgir e hoje sou apaixonada por esse livro <3 

Quanto tempo demorou para história ficar pronta? Cerca de uns oito meses talvez, mas porque ouve uma pausa muito grande que eu parei a história. 

O que o leitor pode esperar de “Amor À Primeira História”? Olha, assim como todos os meus demais livros, uma história leve, gostosa e rápida de ler.

Qual autor ou autora é seu preferido? Eles de alguma maneira te inspiraram a escrever? Nacional eu diria que a Paula Pimenta e estrangeira a Rainbow Rowell. E com certeza, me inspirei muito nas duas, na leveza que ambas tem e na maneira que elas retratam seus romances. Um dia quem sabe não chego um pouquinho do que elas são, né?

Se “Amor À Primeira História” pudesse ter uma trilha sonora, qual música você escolheria? Move Together - James Bay. Acho que eu ouvi essa música no começo do livro todo, então acho impossível ouvir ela e não lembrar dos protagonistas <3
Você segue carreira apenas como escritor, ou tem outra profissão?  Eu por enquanto só escrevo. Mas ainda não consigo viver só da escrita, um dia eu consigo. 

Deixe uma mensagem para nossos leitores: Eu queria agradecer a oportunidade de estar aqui no seu cantinho. É muito importante toda essa ajuda.  E se tem alguém que tem algum sonho bem grandão, não precisa ser escrever um livro, pode ser qualquer coisa, o conselho que eu te dou é: Não desiste. Pode parecer clichê, mas risca o "Impossível" do seu dicionário e faça acontecer. Seus sonhos só dependem de você pra ser real <3  

Beatriz Prado tem 17 anos e mora em Guarulhos - SP.

PARA LER "AMOR À PRIMEIRA HISTÓRIA" CLIQUE AQUI!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com o Facebook: