quinta-feira, 6 de outubro de 2016

ENTREVISTA COM BRUNO B. ROSA, AUTOR DE FORÇA ESPECIAL

SINOPSE: O mundo esconde milhares de pessoas com habilidades surreais. Após o término da segunda guerra mundial, todos os super-heróis que lutaram bravamente por seus países decidiram se unir para trazer paz a Terra com a ONU. Mas depois de tantos anos, os super-heróis foram proibidos de usarem seus poderes por uma lei que apoiava a criação de uma tropa treinada especialmente para caçar super-humanos e inibir atividades mutantes ao redor do planeta. Agora, com uma nova diretoria, a Força Especial começou a caçar, prender, e até matar, super-humanos e os poucos super-heróis que restaram. Agora eles precisam se unir e esconder-se das autoridades de todo o país.


Como surgiu a ideia de escrever “Força Especial”? Bom, eu sempre gostei de quadrinhos de super-heróis. Decidi fazer a Força Especial depois de ter criado personagens para vários amigos (as) meus. Quando já tinha cada personagem pronto, decidi juntá-los numa história. Sempre imaginei como seria se São Paulo fosse cenário para histórias de super-heróis? E aí, decidi escrever.

O que o leitor pode esperar de “Força Especial"? Muita ação e muitas mortes. Quero fazer com que os personagens entrem em conflitos com o que sempre aprenderam ao longo de suas vidas. Muitos se tornarão hipócritas, outros irão mudar de lados, outros irão se sobressair e surpreender. Não gosto de personagens invencíveis, sem problema algum. Gostos de personagens que ao longo da história apanham bastante, por isso meus personagens não são poderosos como alguns que estamos acostumados. Nem os poderes deles podem livrá-los de serem capturados por policiais armados etc. 

Qual autor ou autora é seu preferido? Eles de alguma maneira te inspiraram a escrever? Inspiro-me em George Martin e C.S Lewis. Além de Lovecraft e George Lucas. Eu amo o jeito detalhadíssimo que o Martin tem de escrever. O jeito que ele leva a história e conduz os personagens, e como ele transforma, com as situações ocorrentes ao longo do enredo, todos os personagens sutilmente. Adoro o genro fantasioso e bíblico de C.S Lewis. Pra mim, As Crônicas de Nárnia é uma das melhores sagas que existem. O horror e a ficção-científica que Lovecraft criou também me inspiram bastante, além das guerras espaciais e da política envolvida em Star Wars que George Lucas pensou com tanto cuidado.

Se "Força Especial” pudesse ter uma trilha sonora qual música você escolheria? Escolheria Back in Black para as cenas de lutas entre os vilões e os mocinhos.
Você segue alguma carreira como escritor ou tem outra profissão? Eu nunca trabalhei como Escritor. Sou Diagramador e Designer Gráfico. Escrevo por hobbie. Tenho várias histórias de diversos tipos que pretendo escrever algum dia. 

Deixe uma mensagem para nossos leitores: Pra quem gosta de escrever, vou dar uma dica: Tenha pessoas que te inspiram e que te ajudem a escrever. É sempre bom ter críticos verdadeiros e que gostem de ler suas histórias, podem ser seus melhores amigos e amigas. Leia bastante e assista muitas séries e filmes. 

Bruno B. Rosa tem 18 anos e mora em São Paulo - SP.

PARA LER "FORÇA ESPECIAL" NO ISSUU CLIQUE AQUI!

PARA LER "FORÇA ESPECIAL" NO WATTPAD CLIQUE AQUI!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com o Facebook: