quinta-feira, 13 de outubro de 2016

ENTREVISTA COM CRISTINA MELO, AUTOR DE A MISSÃO AGORA É AMAR

SINOPSE: VOCÊ TEM UMA NOVA MISSÃO! Objetivo: Entregar todos os seus sentidos e se deixar levar por este romance apaixonante e avassalador. Alvo: Seu coração. A Missão: Agora é amar. Aquela história de que os opostos se atraem se enquadra nesse romance. E mais, tem uma pitada de ironia do destino com traumas fortes do passado. Lívia é uma mulher linda de personalidade forte que tem seus ideais e também seus traumas. Depois de tudo o que passou achava que agora estava com a vida perfeita e tudo estava em seu lugar, até que um dia tudo muda. Em uma operação policial, ela é atingida por um olhar fatal que penetra sua alma, desvendando todas as suas fraquezas e o medo que ela achava estar superado volta com força total. Será que ela conseguirá não quebrar o único juramento que fez na vida? Gustavo Torres é Capitão do Bope (CAVEIRA). Um homem sem medos, focado no trabalho e que não se abala com nada e ninguém. Carrega uma responsabilidade de proteger e cumprir com a lei. Solitário e desconfiado das armadilhas da vida, procura andar atento, mas sempre andando na contra mão da felicidade, ele é conhecido por ter o controle e nunca desviar seu foco e objetivo. Até que um anjo cruza o seu caminho e o transforma totalmente, quebrantando o seu coração, fazendo-o liberar todo o seu amor, lhe dando uma nova missão que ele vai tentar cumprir a todo custo, pois missão dada é missão cumprida. Uma deliciosa historia de amor, medo e rendição se inicia...


Como surgiu a ideia de escrever “A Missão Agora É Amar”? A ideia do escrever meu primeiro livro, veio no início de 2015, após assistir ao noticiário local sobre mortes de policiais em serviços. Comecei a imaginar como devia ser difícil para o familiar de um policial, a sensação de insegurança e o medo que sentiam cada vez que eles saiam de casa, seja para o trabalho ou não. Daí, o romance: A missão agora é amar, nasceu e em seguida a trilogia Missão.

Quanto tempo demorou para a história ficar pronta? A Missão Agora É Amar levou três meses e meio para ser concluída.

O que o leitor pode esperar de “A Missão Agora É Amar”? O leitor pode esperar do livro A Missão Agora É Amar e da trilogia, muito amor, romance, drama, muita ação, suspense e muita emoção, um livro que te prende do início ao fim. A trilogia é composta por histórias independentes, cada livro narra a história de um casal diferente. A Missão Agora É Amar é nossa primeira missão.

Qual autor ou autora é seu preferido? Eles de alguma maneira te inspiraram a escrever? Tenho muitos autores preferidos hahahaha, é uma lista grande. Mas amo de paixão Colleen hoover, Stephenie Meyer, Nicholas Sparks e muitos outros. Minhas divas nacionais são: Nana Pauvolih, Carlie Ferrer e Elizabeth Bezzerra. Todos esses autores e ídolos me inspiram muito.

Se “A Missão Agora É Amar” pudesse ter uma trilha sonora qual música você escolheria? A Missão Agora É Amar tem uma playlist que particularmente amo. Mas de todas as músicas que estão no livro acho que: Logo Eu, de Jorge e Mateus se encaixa perfeitamente com o casal e a história.
Você segue carreira apenas como escritor ou tem outra profissão? Sou empresária. Infelizmente ainda não consigo viver só de livros, é um sonho, quem sabe no futuro. 

Deixe uma mensagem para nossos leitores: Gostaria de agradecer muito ao blog e ao Rodrigo pelo convite. Agradecer a cada um que se interessou em saber mais um pouquinho sobre mim, agradecer as minhas leitoras e leitores que me apoiam desde início, ao grupo: Romances Cristina Melo, o carinho e incentivo de vocês é muito importante. Obrigada de coração e um beijo no coração de cada um. E lembrando que esse mês ainda, será lançado Amor Súbito, nossa segunda missão, na Amazon, não deixem de conferir, a história está linda. E ainda tem meu conto, Surpresas na Primavera que é um projeto de 4 amigas e está também disponível na Amazon como As Quatro Estações Do Amor.

Cristina Melo tem 33 anos e mora no Rio de Janeiro - RJ. 


PARA LER "A MISSÃO AGORA É AMAR" CLIQUE AQUI!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com o Facebook: