quinta-feira, 13 de outubro de 2016

ENTREVISTA COM FERNANDA S. SCHEFFLER, AUTORA DE ATRAVESSANDO TEMPESTADES

SINOPSE: Maria é uma jovem sonhadora, filha adotada de um velho homem rico que perdeu toda sua herança em apostas. Prestes a serem expulsos de casa, uma oportunidade de mudança de vida bate à porta e a família aceita. Dessa forma, Maria e sua família se mudam para uma cidade distante, no centro de uma ilha. Nesse lugar, Maria redescobre a si mesma quando cria amizades intensas e é vítima de um amor platônico e inevitável. Com o passar do tempo acidentes incomuns começam a ocorrer: as pessoas começam a ter ataques de insanidade. Ao mesmo tempo, Maria descobre uma estranha muralha de ferro nos confins da cidade e escuta uma conversa estranha numa madrugada gélida. Tudo parecia estar interligado. Maria é obrigada pelo destino a unir as peças do quebra-cabeça que acometem sua vida e a vida de todos que moram naquele lugar. Suas ações podem salvá-los ou, quem sabe, destruí-los.


Como surgiu a ideia de escrever "Atravessando Tempestades"? Conforme o tempo foi passando e as dores da vida se acumulando, encontrei a melhor maneira de colocar no papel as minhas mais duras aflições e a fiz em forma de prosa, embora alguns se identifiquem mais com os versos de um poema. Daí criei uma história com personagens que tivessem um pouquinho de mim - meus sonhos, medos, saudades, segredos, verdades e mentiras - apenas para aludir um pouquinho de tudo o que vivi e do que penso sobre a vida, sobre as pessoas. Ou seja, foi algo que veio naturalmente, sem planejamento prévio.
Quanto tempo demorou para a história ficar pronta? A base da história, em si, foi escrita e organizada num espaço de tempo muito curto: certa de dois meses. Porém, durante três anos eu passei reescrevendo-a e adicionando outros pensamentos, diálogos, situações inusitadas. Até hoje eu o faço, quando tenho inspiração ou quando sofro possíveis decepções. É uma maneira maravilhosa de aliviar o peso dos seus ombros e, ao mesmo tempo, enriquecer a obra.
O que o leitor pode esperar de "Atravessando Tempestades"? "Atravessando Tempestades" é, modéstia à parte, aquela obra que você pode esperar tudo e nada, ao mesmo tempo. Suas situações repentinas nos fazem constantemente repensar nossa vida e levar ocasionais sustos - dos melhores, claro. Eu busco sempre quebrar o clichê e surpreender meus leitores. É a melhor sensação, tanto em mim quanto neles. Portanto, resumidamente, meus futuros leitores podem esperar dessa obra um turbilhão de sentimentos: raiva, temor, aflição, drama, felicidade, diversão, terror, alegria, reflexão. Em suma é isto.
Qual autor ou autora é seu preferido? Eles de alguma maneira te inspiraram a escrever? Meu autor preferido não reside mais conosco no mundo dos vivos, é um gênio poeta: William Shakespeare. Suas obras clássicas são, mais do que quaisquer outras, originais e cativantes. Sempre que as releio, tenho sensações novas e descubro mundos inéditos. Seus personagens foram criados com tal perfeição que jamais me imaginaria escrevendo nada semelhante, embora ele me inspire com seus enredos bem traçados e seus diálogos reflexivos. Shakespeare é a minha maior inspiração e, como eu sempre digo, meu mestre imbatível.
Se "Atravessando Tempestades" pudesse ter uma trilha sonora, qual música você escolheria? Eu ouço muitas músicas quando estou escrevendo e de diversos gêneros diferentes, portanto, é uma tarefa praticamente impossível oferecer apenas uma para toda a obra. Porém há uma específica de criação particular que ainda não está disponível ao público que definiria bem a obra. Se "Atravessando Tempestades" fosse um filme ou uma série, esta trilha seria o tema principal. Quem sabe futuramente eu poste.
Você segue carreira apenas como escritor ou tem outra profissão? No momento eu sou estudante universitária e curso Psicologia, mas pretendo sim seguir carreira como escritora. Caso não dê certo, já que a sorte não sorri a todos, pretendo abrir uma clínica e seguir a carreira de acordo com o curso.
Deixe uma mensagem para nossos leitores: Peço encarecidamente aos leitores que deem uma chance a esta obra repleta de poesia e feita com muito capricho. Amo meus leitores e eles são bem tratados não importando se suas opiniões são boas ou ruins em relação à obra. Serão sempre ouvidos e respondidos. Garanto que não se arrependerão. Muito obrigada!
Fernanda S. Scheffler tem 19 anos e mora no Rio de Janeiro - RJ.
PARA LER "ATRAVESSANDO TEMPESTADES" CLIQUE AQUI!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com o Facebook: