sábado, 22 de outubro de 2016

ENTREVISTA COM LETÍCIA GODOY, AUTORA DE DEIXE-ME ENTRAR E BORBOREMA

SINOPSE DEIXE-ME ENTRAR: Julianne Ipswich cresceu confinada no internato Le Rosey, afastada de sua família com o pretexto de receber uma educação de qualidade. Este fato sempre a incomodou e o maior desejo de Julianne era descobrir a verdade para que a família tenha a afastado, uma vez que não ficou convencida de que a preocupação com os seus estudos seria o único motivo. Ao completar 15 anos, ela retorna para Stone Forest, a cidade de seus pais, e, aos poucos, acaba descobrindo mais do que gostaria de saber. Cercada por muito mais perigos e desafios do que ela jamais pôde imaginar que surgiriam em sua vida, Julianne precisará desvendar os mistérios de seu passado e preparar-se para os desafios do futuro rapidamente se quiser sobreviver. As vozes se misturam, os olhos sedentos nunca param de espreitar e o perigo está onde ela menos imagina. Será que Julianne conseguirá enfrentar tudo isso?


SINOPSE BORBOREMA: Annabel é uma mulher fria e calculista, que fugiu do seu passado para a cidade grande e construiu uma vida "segura" e invejada por muitos. Sua intenção era nunca mais olhar para trás, porém um telefonema muda tudo e a obriga a voltar à Borborema, a fazenda de sua família. Lá, ela terá que enfrentar muito mais do que inicialmente havia imaginado. Conflitos familiares, medos particulares, um assassinato que de alguma forma pode estar relacionado a ela e um homem que promete abalar as estruturas nada firmes de seu ser. Borborema promete envolver e encantar o leitor da primeira à última página.


Como surgiu a ideia de escrever "Deixe-me Entrar"? Bem, Deixe-me Entrar surgiu de jogos de RPG que joguei durante a adolescência e essa fase representava minha "fase depressiva", onde eu queria ser outra pessoa. Por isso, infiltrei-me nesse mundo de fantasia e os jogos, para mim, eram muitas vezes mais reais do que minha própria realidade. Quando comecei a tratar este meu lado que estava, sim, doente, decidi escrever o livro para encerrar essa fase e foi como uma terapia. Será uma trilogia e o próximo vem em fevereiro de 2017. 


E “Borborema”? Borborema já é um livro mais regionalista que comecei a escrever para homenagear minha terra, ele se passa em Siqueira Campos, cidade onde moro e em Curitiba, cidade onde nasci. Está previsto para agora, dia 26 de Outubro.


Quanto tempo demorou para a história ficar pronta? Olha, a série Deixe-me já faz mais de 8 anos que estou trabalhando nela. Só o primeiro livro demorou 6 anos para ficar pronto e foi mais um ano de lapidação. Já Borborema, demorou cerca de 3 anos e meio. Sim, eu costumo demorar... Isso que estamos falando somente dos meus livros atuais!

O que o leitor pode esperar de "Borborema", o seu novo lançamento? Pode esperar muito romance, aventura e uma reviravolta que promete tirar o fôlego dos leitores. Recebi a última parte da revisão e estou trabalhando com muito carinho para que ele saia do jeito que sempre imaginei. O leitor será convidado a viajar para a minha terra e conhecer este lugar que amo morar, acompanhado de uma personagem muito complexa e cheia de dúvidas. Esta personagem vai descobrir que a vida nem sempre é como pensamos e que as aparências enganam. É um livro que mescla o romance com uma pegada mais policial, então se preparem para muitas emoções!


Qual autor ou autora é seu preferido? Eles de alguma maneira te inspiraram a escrever? Machado de Assis e Emily Brontë! Com certeza me inspiram de uma forma única. Eu adoro o estilo sempre atual de Machado e a forma como ele tem total controle sobre a narrativa. Não é segredo que Dom Casmurro é meu livro favorito e também Quincas Borba, aliás, faço uma referência direta a Quincas Borba em Borborema! Também adoro outros livros como Memórias Póstumas de Brás Cubas e O Alienista. O Morro dos Ventos uivantes de Brontë nem tenho palavras para descrever, é um livro que me inspira muito e acho que quem acompanha meu trabalho sabe o quanto eu busco inovar, mas trazendo sempre pitadinhas de clássicos à escrita. 

Se seus livros pudessem ter uma trilha sonora, quais músicas você escolheria? Difícil citar apenas uma! Mas acho que Deixe-me Entrar seria a música Nemo do Nightwish e Borborema seria Pura Emoção do Chitãozinho e Xororó (gêneros completamente distintos!)!
Você segue carreira apenas como escritor ou tem outra profissão? Sou escritora, professora de inglês e revisora textual. Porém, atualmente só tenho atuado na área de revisão e escrita mesmo.

Deixe uma mensagem para nossos leitores: Bem, gostaria de convidar a todos para conhecer meu trabalho. Minha página do facebook está sempre sendo atualizada e vocês serão bem-vindos lá! E gostaria de agradecer a você, Rodrigo, pelo convite!

Letícia Godoy tem 22 anos e mora em Siqueira Campos - PR.


MINIBIOGRAFIA DE LETÍCIA GODOY: Letícia Maria de Godoy nasceu em 13 de fevereiro de 1994 na cidade de Curitiba, no Paraná, porém cresceu em Siqueira Campos, onde descobriu, sentada sob as sombras da casa onde morava, o seu gosto pela leitura. Aprendeu a ler e escrever aos 4 anos de idade, tendo como primeira professora sua mãe, e aos 8 anos começou a escrever seus primeiros contos em restos de cadernos escolares. Desde então, nunca mais parou. Aos 17 anos passou no vestibular para ingressar na faculdade de Letras, um sonho que se tornou realidade. Aos 18 anos, publicou três contos na antologia intitulada Pontos da Vida, sua primeira aventura no ramo da literatura. Atualmente dedica-se a escrita de romances, a revisões textuais e pesquisas no ramo da linguística aplicada.

PARA VISITAR A FAN PAGE DA AUTORA CLIQUE AQUI!

E ATENÇÃO!!! Borborema entre em pré-venda no site da Editora Arwen dia 26/10 e autora preparou uma série de brindes legais para os primeiros que comprarem:
1 caneca para o primeiro a comprar;
1 corrente de pingente de cavalo para os 10 primeiros;
1 botton para todos que comparem na pré-venda;
Marcador de página pra todos;
Sorteio de um livro Utópico do autor André Mafra entre todos que comprarem na pré-venda!

3 comentários:

  1. Obrigada pelo post, foi um imenso prazer falar sobre meus livros para vocês! Beijos grandes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nós que agradecemos, foi uma honra falar com você e desejamos todo o sucesso do mundo com o livro novo e já queremos!

      Excluir

Comente com o Facebook: