sábado, 22 de outubro de 2016

ENTREVISTA COM RICARDO DE JESUS, AUTOR DE CÉLULA 2 E FRAGMENTOS

SINOPSE: O que você faria se sua vida mudasse radicalmente de uma hora para outra? Erik era um garoto comum, que tinha consciência de que era filho adotado e nem por isso deixava de amar seus pais incondicionalmente. Porém, depois de seu décimo quinto aniversário, coisas estranhas começam a acontecer e ninguém parece ser capaz de explicá-las. Em busca de respostas, ele vai descobrir que nem tudo é o que parece ser e que uma simples mensagem pode mudar o curso de toda uma vida. Por onde começar? O que fazer? As respostas estão na sua célula! Na Célula 2.


Como surgiu a ideia de escrever “Célula 2”? Sempre gostei muito de ficção, fantasia, poderes, e toda a questão de que o universo é grande demais para sermos os únicos. Então resolvi juntar tudo isso nessa história com uma boa dose de mistério, segredos e descobertas e uma pitada de romance adolescente, que condiz com a idade dos personagens principais.

Quanto tempo demorou para a história ficar pronta? Célula 2 é o primeiro livro de uma trilogia, e demorou um ano para ser escrito. Fragmentos, o segundo livro que já está em pré-venda, também levou mais ou menos o mesmo tempo, visto que escrevo apenas nas madrugadas em que o sono não é mais forte que o sonho. No momento estou trabalhando no último livro.


O que o leitor pode esperar dessa trilogia? Todos os três livros terão o mesmo ritmo de escrita, de modo que o leitor entre de cabeça na história, onde cada capítulo tem um gancho muito importante que o leva direto ao próximo. Ele é instigado a ler sem pausa. Acho que o mais importante, além de buscar o entretenimento, é que a história busca passar mensagens relevantes dentro de um contexto de ficção, e fala sobre a importância da família, amizade, amor, e principalmente sobre a ambição humana. Até onde você iria para ter o poder em suas mãos? Essa seria uma questão a ser levantada em Célula 2. Já em Fragmentos eu já mudo a pergunta: O que você faria se o poder viesse ao seu encontro? O livro não fica preso a essas lições ou mensagens, apenas quer contar uma história de maneira bem original, mas sem dúvida deixará algo para se pensar. O terceiro livro será revelador, surpreendente, e ainda deixará uma questão ainda maior para que possamos pensar a respeito. Mas isso é assunto para uma próxima entrevista.

Qual autor ou autora é seu preferido? Eles de alguma maneira te inspiraram a escrever? É difícil falar em “preferido”, existem muitos dos quais sou fã. Mas gostaria de falar sinceramente da admiração que tenho pelos meus colegas, autores e autoras nacionais. São muitos obstáculo a serem vencidos até a publicação e tem muita gente boa que ainda nem chegou a isso. É incrível como tem gente boa esperando o seu lugar ao sol e outros tantos já publicados que estão em constante evolução na escrita, onde cada trabalho é melhor que o outro. Mas para não dizer que estou aqui apenas fazendo média, vou citar um nome que considero estar um degrau acima pelo seu talento, sua maneira de escrever e sua sensibilidade. Juliana Daglio. 

Se “Célula 2” pudesse ter uma trilha sonora qual música você escolheria? Na verdade nem sei a razão disso, mas escrevi muitas cenas do primeiro livro ouvindo o tema de Piratas do Caribe.
Você segue carreira apenas como escritor ou tem outra profissão? Infelizmente eu ainda não posso me dar ao luxo de viver daquilo que escrevo, mas por outro lado isso me tira toda a pressão com resultados e metas. Faço por amor e tenho me realizado dessa maneira. Por hora me basta. 

Deixe uma mensagem para nossos leitores: Se você é um leitor assíduo, ótimo. Apenas peço que sempre procure abrir sua mente ao novo. Não julgue um livro antes de ler. Não deixe de comprar um livro só porque alguém disse que não gostou. Tenha seu próprio ponto de vista. Acima de tudo, dê uma chance à literatura nacional. Só ela te dá a chance de conhecer o autor, falar com ele sobre a obra (aliás nós adoramos), dar sua opinião. Estamos esperando por você. Eu estou esperando por você. 

SINOPSE DE FRAGMENTOS: Depois de descobrir sua verdadeira origem, Erik tenta levar uma vida normal. Mas algo ficou no ar: existe mais alguém... quantos mais? Um pedido de socorro de Amachi e uma foto intrigante num jornal local prometem um novo desafio, após o desaparecimento da Célula 2 e todos os acontecimentos que o cercaram. Uma viagem não planejada, perigos constantes e mistério no ar. Em Fragmentos, segundo volume da trilogia "Célula 2", Erik e Amachi irão correr inúmeros riscos atrás de um inimigo sem rosto. É preciso cuidado: o amigo pode ser apenas o inimigo que ainda não atacou.

Ricardo de Jesus tem 38 anos e mora em Paraopeba - MG.

PARA VISITAR O SITE DO AUTOR CLIQUE AQUI!

PARA COMPRAR "CÉLULA 2" CLIQUE AQUI!

PARA COMPRAR "FRAGMENTOS" CLIQUE AQUI!



2 comentários:

  1. Muito legal participar, obrigado pela força!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi muito legal entrevistar você e já quero ler os livros!!! Parabéns e sucesso!!!

      Excluir

Comente com o Facebook: