segunda-feira, 7 de novembro de 2016

ENTREVISTA COM GLAUCO LESSA, AUTOR DE ELDE

SINOPSE: Elde sempre teve suas próprias convicções sobre o amor, apesar de ser princesa da cidade-estado de Adelaide e estar prometida a um príncipe que nunca conheceu. Entretanto, no dia de seu casamento, o destino de Adelaide é drasticamente modificado pelo inesperado e devastador ataque de Vulcano, um dragão vermelho impiedoso que está à procura de seu filho. Única sobrevivente da realeza, Elde precisará ponderar seus desejos e deveres. Em meio a escombros, traições e muita dor, ela terá de aprender a liderar seu povo por conta própria. Elde é um livro de fantasia que apresenta ao leitor mais do que apenas um romance proibido, mostra a força que cada um de nós é capaz de ter em nosso interior, a importância da amizade e da confiança, e a necessidade de fazer sacrifícios. Venha conhecer essa forte rainha e sua difícil história, venha conhecer Adelaide, o Reino da Fênix.


Como surgiu a ideia de escrever "Elde"? Eu queria contar uma história de fantasia, mas que também fosse de amor. Eu estava na fossa, superando um relacionamento terminado há alguns meses e foi por isso que comecei. O mundo fantasioso que cerca Elde veio todo de coisas que eu e amigos já criávamos nas nossas mesas de RPG.

Quanto tempo demorou para a história ficar pronta? Eu escrevi pouco mais da metade da história e me desinteressei por ela por um bom tempo. Como eu disse, eu comecei a escrever por causa de coisas que eu ainda sentia pela minha ex e quando eu finalmente segui em frente, a história já não me atraía mais. Voltei um ano depois para terminá-la porque eu já sabia o final desde o começo e era uma boa história pra se terminar. Acho que contando só o tempo que escrevi de fato, sem a pausa, foi cerca de um ano.

O que o leitor pode esperar de “Elde”? Uma grande história de fantasia, com personagens pelos quais se apegar e torcer. Cada um deles, mesmo os “vilões”, tem suas motivações e esperanças.



Qual autor ou autora é seu preferido? Ah, tem muitos. Acho que Neil Gaiman é um dos principais. Aqui do Brasil, tem o Eduardo Spohr e os caras que criaram e escreveram o Tormenta.

Eles de alguma maneira te inspiraram a escrever? Com certeza, principalmente os nacionais que eu mencionei. Eles me provaram que era possível escrever sobre fantasia no Brasil e ser bem reconhecido por isso.

Se "Elde" pudesse ter uma trilha sonora qual música você escolheria? Olha, eu acho que a “Hurt” do Johnny Cash cairia bem, principalmente mais pro final do livro.
Você segue carreira apenas como escritor ou tem outra profissão? Eu também sou estudante de Jornalismo.  Falta pouquinho para me formar, e já tô procurando emprego. Quem dera eu pudesse viver só de escrever!

Deixe uma mensagem para nossos leitores: Espero que essa entrevista tenha atraído a atenção de vocês para o livro. Conheçam Elde, Lazarsfeld e o dragão vermelho Vulcano em Elde, já em pré-venda!

Glauco Lessa tem 23 anos e mora no Rio de Janeiro - RJ.

PARA LER "ELDE" CLIQUE AQUI! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com o Facebook: