quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

RESENHA DO LEITOR: EXTRAORDINÁRIO

SINOPSE: August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso, ele nunca havia frequentado uma escola de verdade - até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente - convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.


Não julgue um menino pela cara.

Extraordinário poderia ser mesmo extraordinário se tivesse um desenrolar mais maduro, mais envolvente, ou até mesmo mais dramático. O livro fala sobre a vida de Auggie, e sua inserção em um mundo externo totalmente novo, em uma escola de verdade, com amigos de verdade em uma vida de verdade. Poderia ser tudo tão simples, poderia. Mas, o simples se torna complexo pelo fato de Auggie ter nascido com uma deformidade facial.


O tema principal é intrigante, confesso, e um tanto original, porém, no decorrer do livro a autora não desenvolve uma trama tão envolvente, pelo contrário, o fim se aproxima com um gosto de decepção. Decepção em querer mais, em querer sentir mais raiva dos tais “vilões”, ou de se apaixonar mais pelo Auggie. Decepção de esperar por uma lição de vida que não acontece. 


Auggie não é uma personagem cativante, não faz com que nos envolvemos com ele. O fato da diferença em seu rosto, para mim, não é o suficiente para que eu o tomasse como meu herói. Vejo apenas uma criança comum, com suas atitudes comuns. Extraordinário tem uma linguagem bem infantil, talvez pela idade da personagem principal ou pelo verdadeiro publico alvo para o qual ele foi criado, e de fácil entendimento, com capítulos bem curtos.


Considero criativo o fato de a autora ter dividido o livro por visões, o que provoca nos leitores ângulos diferentes da mesma história. Mas o livro peca em não fornecer algo maior, algo que fizéssemos repensar em nossas atitudes a partir do momento que iniciássemos a leitura. Não há uma lição de vida da maneira que cri que aconteceria. Foi apenas uma leitura. O que eu sinto pena, porque, pelo título, criei antecipadamente um universo tão extraordinário que nem de perto se aproximou do que estava escrito. 


Com estreia marcada para 11 de maio de 2017, a adaptação cinematográfica do best-seller de R. J. Palacio terá no elenco Owen Wilson, Sonia Braga, Julia Roberts e Jacob Tremblay que ganhou o público com o filme O Quarto de Jack.

VITAMINAS:



RESENHA ESCRITA POR: TIAGU REIS

ENTREVISTA COM R. A. CIRINO, AUTORA DE PORTAL DAS SOMBRAS

SINOPSE: "Sempre precisamos saber a hora em que não somos mais necessários na vida de alguém, eu percebi a minha hora e, por isso, fui embora". Elizabeth Smith é uma jovem londrina, de 26 anos que, apesar de ser feliz e ter uma vida boa, possui marcas profundas em seu passado. Órfã desde os cinco anos, ela se vê sozinha novamente após a morte de sua melhor amiga, mas a chegada de um rapaz misterioso pode mudar completamente a vida desta jovem. "Eu tenho irmãos, mãe e uma amiga, mas se eu a perdesse, tudo que me sobraria era um vazio para me lamentar pelo resto da vida e, a eternidade é muito tempo para se sentir vazio e sem amor." Ciprian é um jovem cheio de mistério e segredos, mas que se apaixona pela gentileza de Elizabeth assim que a conhece. O amor dos dois surge muito rápido, mas não será nada fácil vive-lo, pois os segredos do rapaz podem ser grandes demais. O mundo nem sempre é o que parece ser. Cercada de novidade de um lugar que nunca imaginou existir, Lizzie terá de enfrentar seus piores pesadelos e tomar decisões que podem afetar a sua vida inteira. Magia, mistério e romance esperam você nessa aventura, mas, antes de tudo, você deve se perguntar uma coisa. Você acredita em criaturas das sombras? Não? Pois deveria...

Como surgiu a ideia de escrever "Portal das Sombras"? Bom... Portal das Sombras surgiu como uma luz depois de meses de um bloqueio que parecia interminável, eu estava conversando com uma amiga sobre como adoraria escrever um livro sobre vampiros e BOOM! A história começou a surgir em minha mente e eu tive de parar para escrevê-la!
Quanto tempo demorou para a história ficar pronta? Demorou quatro meses, foi à história mais rápida que escrevi, passei quatro meses inteiramente dedicada a ela, as pesquisas sobre os temas e lugares abordados e a escrita que fluía tão rapidamente que chegou a me surpreender.
O que o leitor pode esperar de "Portal das Sombras”? Muito mistério, romance, sangue e lagrimas... Minhas betas adoram dizer que fui cruel nesse livro (risos).
Qual autor ou autora é seu preferido? Eles de alguma maneira te inspiraram a escrever? Meu autor preferido é e sempre será C. S. Lewis, o autor de As Crônicas de Narnia, ele inspira todos os meus projetos literários. Aliás, além de Recomeçar eu tenho muitos outros trabalhos.
Se "Portal das Sombras" pudesse ter uma trilha sonora qual música você escolheria? São tantas... Na verdade tenho uma playlist no Spotify... Vou deixar o link para que vocês conheçam um pouco de tudo que me ajudou a escrever... Apesar de ter sido feita por uma das betas, ela captou bem a essência do livro. 
Você segue carreira apenas como escritor ou tem outra profissão? Sou formada em Serviço Social além de ser escritora, são duas coisas que eu amo fazer.
Deixe uma mensagem para nossos leitores: Nunca desistam de acreditar em seus sonhos, lutem, persistam! E lembrem-se: Nenhuma adversidade da vida é tão ruim que não seja possível recomeçar! Nem as trevas sobrevivem a um coração que continua na luz!
R. A. Cirino tem 24 anos e mora em São Luis - MA.
PARA LER "PORTAL DAS SOMBRAS" CLIQUE AQUI!
PARA VISITAR A FAN PAGE DO LIVRO CLIQUE AQUI!
PARA VISITAR A FAN PAGE DA AUTORA CLIQUE AQUI

ENTREVISTA COM MARIA PIA SABOIA, AUTORA DE WANDERLUST

SINOPSE: Wanderlust... Sem medo ela se jogou... Pensando que daria de cara com um novo destino ela se ata em um romance de dar nó na cabeça e no coração. Alice uma garota como qualquer outra, vivia sua vida pacata em uma cidade pequena do interior, tinha seus sonhos e objetivos traçados, mas aprendeu que com o destino não se brinca e tampouco se manda. Tudo que ela tinha destinado para si, caiu por terra no dia em que Nando, seu namorado resolve terminar um namoro de anos. Cansada do vai e volta de sempre ela decide mudar, de vida, de cabelos, de cores, de tons...Alice se joga no mundo e vai viver uma vida completamente diferente do que sempre viveu, é no começo de sua nova aventura que ela conhece Sebah, um jovem ator que traz caos e cor para sua vida. Assim essa jovem vai aprender que a vida é mais viver do que sonhar...

Como surgiu a ideia de escrever “Wanderlust”? Wanderlust surgiu à partir de uma conversa com uma amiga, justamente por ter esse desejo incontrolável de viajar, conhecer novas pessoas, culturas e costumes. Acho que independente da geração esse desejo sempre existiu, mas hoje ele é mais visível, gritante. Você não vê mais um jovem de vinte e poucos anos pensando em ter um carro ou apartamento, mas sim em um primeiro plano viajar, explorar, se conhecer. 

Quanto tempo demorou para a história ficar pronta? Cerca de nove meses ou um pouco mais. Tive que parar no meio do caminho.

O que o leitor pode esperar de "Wanderlust"? O leitor de Wanderlust pode esperar respostas. Falo isso com toda certeza e, por favor, não ache que essa certeza tem alguma pretensão. Eu falo isso porque a maioria esmagadora que lê me escreve agradecendo por encontrar ali respostas para suas inquietações e dúvidas.

Qual autor ou autora é seu preferido? Eles de alguma maneira te inspiraram a escrever? Tem muitos, mas eu não sei se eles me inspiram, porque eu não escrevo o que costumo ler. Por exemplo, não consumo muitos romances ou dramas e, no entanto é o que mais gosto de escrever. E também por achar grande demais a minha admiração, às vezes acho que a inspiração chega a ser atrevimento. Gosto da poesia do Luiz Peixoto. Calligaris, Chico Buarque, Murakami, Mia Couto e clássicos como Machado de Assis.

Se "Wanderlust" pudesse ter uma trilha sonora qual música você escolheria? O Velho e o Moço, Los Hermanos e Milton Nascimento - Clube da Esquina N° 2 - Acredito nos dois versos para Alice, a protagonista, "eu gosto é do estrago" e "sonhos não envelhecem”.
Você segue carreira apenas como escritor ou tem outra profissão? Por enquanto é mais vocação do que profissão, isto é, preciso do meu emprego de professora de inglês para manter o meu primeiro emprego escritora.

Deixe uma mensagem para nossos leitores: Se eu pudesse dar um conselho para você meu leitor é releia, sempre releia os livros, até mesmo aqueles que não te cativaram, somos um momento e então mudamos a todo instante, que é breve. E obrigada por ter dedicado a mim seu tempo e sua espera. E obrigada também a você leitor do Blog Vitamina L que leu essa entrevista e a você Rodrigo Fonseca pelo convite. Todos os meus livros estão postados na integra na plataforma do Wattpad. Será um prazer me aproximar daqueles leitores silenciosos e/ou conhecer novos. Saber como as minhas histórias estão sendo recebidas, por aí!

Maria Pia Saboia tem 32 anos e mora em Ankara.

PARA LER "WANDERLUST" CLIQUE AQUI! 

ENTREVISTA COM DILERMANO BRAGA, AUTOR DE DESTRUÍDO

SINOPSE: Qual o limite de um ser humano? O que ele é  capaz de fazer? O que é capaz de suportar? O que este ser pode fazer por um sentimento verdadeiro que sem motivo algum é  destruído? Allan é um jovem que está terminando sua faculdade, sentindo que seu namoro anda deixado de lado, resolve ir em busca de seu namorado. Onde o mesmo é pego agarrando seu melhor amigo, parece que algumas coisas irão mudar não é mesmo?


Como surgiu a ideia de escrever "Destruído”? A história surgiu por acaso, geralmente não planejo o que vou escrever, as situações surgem e às  uso para criar a história, com Destruído não foi diferente, a base da história surgiu, e comecei a organizar e digitar as mesmas.

Quanto tempo demorou para a história ficar pronta? A história ainda está em desenvolvimento,  creio que não terei data para concluir, pois quero ir muito além do tema "romance gay", quero algo além do famoso clichê, o que irá torná-la diferente das demais.

O que o leitor pode esperar de "Destruído”? Um mundo no qual o personagem principal, Allan, sofre as consequências de suas escolhas, que na maioria das vezes possam parecer  duras e irracionais, porém serão a base, que poderá beneficiar o futuro de todos ao redor dele.

Qual autor ou autora é seu preferido? Eles de alguma maneira te inspiraram a escrever? Cassandra Clare é uma das autoras que mais me fascina, a forma como ela escreve, e transforma o livro em um portal para outro mundo é incrível! Espero um dia ter tanta criatividade, e poder levar meu público a um mundo surrealista também.

Se "Destruído" pudesse ter uma trilha sonora qual música você escolheria? Na verdade, já existe uma trilha sonora para ele, a música é uma forma de inspiração para mim, e quando abro a mente para que as ideias venham, estou ouvindo uma música e a mesma se torna a trilha sonora para aquele capítulo, sendo assim, cada capítulo tem sua "essência musical", que transmite o clima daquele momento e leva o leitor a sentir as emoções dos personagens. Mas tudo começa com Bird Set Free – Sia.
Você segue carreira apenas como escritor ou tem outra profissão? Considero meu lado escritor apenas um hobby, uma válvula de escape do dia a dia, não vejo meu futuro como escritor, porém se o acaso me contemplar com esse reconhecimento, serei grato e me doarei ao máximo para inovar e principalmente agradar a  todos.

Deixe uma mensagem para nossos leitores: Você, leitor, por mais que os seus sonhos sejam humanamente impossíveis aos olhos de todos, nunca desista, pois um dia a recompensa irá aparecer, e você vai perceber o quão gratificante foi, você doar seu tempo e parte da sua vida para que aquilo se torne algo real, e saia do mundo da fantasia.

Dilermano Braga tem 18 anos e mora em Vista Alegre do Alto - SP.

PARA LER "DESTRUÍDO" CLIQUE AQUI!

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

RESENHA DO LEITOR: POR VOCÊ

SINOPSE: A partir do momento em que o mal falado empresário Tristan convida a inexperiente Juliet para dançar, tudo o que poderia ser considerado tradicional cai por terra. Desde a forma em que ele a conduz durante o bailado, até o modo como a pede em noivado, nada entre eles ocorre segundo as normas vigentes da época. E exatamente por isso o amor floresce espetacularmente entre os dois. Um acidente que deixa o rapaz à beira da morte, no entanto, faz com que tudo que haviam vivido juntos fique para trás, forçando a moça a reconquistar seu amado Tristan, agora desmemoriado, e obrigando Juliet a, por amor, superar a tragédia e mudar seu destino. Nesse romance, onde a força da persistência se entrelaça com a beleza do amor, descubra que as vezes o destino pode ser surpreendente!


Ei amores, volteei! E como falei esses dias atrás, estou em um momento “romance” e se for nacional melhor ainda! Seguindo essa “linha de leitura”, vamos de ROMANCE DE ÉPOCA BRASILEIRO – e BOM de verdade! Conheci a Silvana pelo Facebook, durante a divulgação de POR VOCÊ. Gente, vocês não fazem ideia de como essa capa linda chamou minha atenção! Vamos conhecer um pouco do primeiro livro dessa série que promete ser maravilhosa?


Como falei, me apaixonei pelo livro antes mesmo de começar a leitura. Leitura essa que fiz em um dia e meio (tive que parar para trabalhar né gente! Rs) Por você é um romance de época que se passa com a grande maioria dos livros do gênero em Londres. E como todo bom romance, há um casal forte! E posso acrescentar ao casal Juliet e Tristan, mais um adjetivo: sagaz! Ela, uma mocinha que vem do interior para uma temporada em Londres acompanhada apenas de sua dama de companhia. Ele, um libertino (é o que as fofocas falam) lindo e muito cativante.


O que esperar de um baile que dura já há dias? Era isso que Tristan estava pensando quando percebe a bela Juliet no canto do salão. Uma única dança! Foi o necessário para ambos perceberam que algo de diferente entre eles exista. Com Tristan, ela se sentia mais à vontade do que com qualquer outra pessoa. Ela poderia ser ela mesmo. Sem reservas, sem “pudor”. Porém, em cada lugar que ia, sempre tinha alguém para “avisar” que o melhor era ficar longe de Tristan. Mas, Juliet não levou isso tão a sério! Entretanto, esses rumores poderiam vir a ter algum fundo de verdade? Poderia Tristan está apenas usando a jovem donzela?


Gostei muito do livro e do desenrolar da história. Como podemos lê na sinopse, algo bem ruim acontece quando pensamos que está tudo lindo e maravilhoso! Juro que nessa parte do livro me deu uma dor no coração. Uma verdadeira angustia! Poderia então o amor de Juliet ser suficiente para salvar Tristan e juntos reconquistarem o que se perdeu? Isso você só saberá lendo o e-book que está disponível na Amazon. Não me xinguem, nem queiram o meu mal! Não posso contar!


Minhas impressões: Como falei anteriormente, nem tinha lido o livro e já havia sido conquistada por essa capa linda.  Ao começar a leitura, fui inundada por inteiro por esse romance lindo! Tudo no livro é lindo e perfeito – quando o livro dois sair vamos ter mais do final! Desde o primeiro encontro de Tristan e Juliet no baile foi, digamos que incomum e muito inusitado - perfeito para eles, como eles.


O casal é ótimo juntos. E o que é ótimo junto se torna maravilhoso quando Tristan e Juliet se juntam aos outros libertinos (como o melhor amigo de Tristan). A maneira com o amor deles nasce e vai crescendo é lindo! Como vencem seus medos, inseguranças e principalmente problemas é magnifico. Ah, eu adorei tudo!! Espero que tenham gostado da resenha que se interessem pelo livro como eu. Vale muito a pena apoiar os autores nacionais. Silvana Barbosa, recentemente lançou “Olhos de Mel, Lábios de Fogo.” Também um romance de época. Não vejo a hora de ler a continuação da série. Silvana, parabéns pelo seu livro, por sua escrita! Te desejo tudo de melhor na sua caminhada!



E para POR VOCÊ: 5 VITAMINAS!




RESENHA ESCRITA POR: RENARA CABRAL PEREIRA PAVEZ
24 anos, capixaba e casada. Formada em pedagogia. Amo ler e dar aula. A leitura me faz viajar!

ENTREVISTA COM LÚCIA HILL, AUTORA DE AMOR POR ACASO

SINOPSE: Desde que mudara-se para Manhattan, após a morte do pai, Naomi precisara se afastar da vida e família em Boston. Porém um convite para o casamento de sua irmã, não era algo que ela pudesse ignorar. Se a ideia de voltar, mesmo que por uns dias, já não parecia boa, tornara-se pior ao constatar a presença de seu ex-noivo como padrinho do casal. A possibilidade de usar contra ele o irmão sistemático do noivo, parecia tentadora demais para ser desperdiçada. Mas quando uma paixão inesperada toma conta de si, ela se vê dividida entre continuar com seu plano ou ceder ao amor.


Como surgiu a ideia de escrever “Amor Por Acaso”? Bom, tudo surgiu em um sonho que tive, sim toda minha obra que possuo lá no Wattpad veio de sonhos, aliás tenho ao todo 4, mas apenas duas postadas, uma em revisão pra lançamento e a outra em andamento ainda.

Quanto tempo demorou para a historia ficar pronta? Em media uns 8 meses, devido ao pouco tempo, já que trabalho e estudo, pois tem algumas pesquisas a serem feitas e depois a revisão que demora um pouco mais e tal... Um trabalho maravilhoso, mas tudo tem que ser feito com calma pra ficar perfeito no final.

O que  o leitor pode esperar de “Amor Por Acaso”? Um romance com pitadas de comedia e drama.

Qual autor ou autora é seu preferido? Eles de alguma maneira te inspiraram a escrever? A dama do crime Agatha Christie e no nacional o mestre José de Alencar. Claro! Tomei paixão pela leitura lendo o drama “Assassinato no Expresso do Oriente” da Agatha e depois de cinco anos devorando livros nacionais quando internacionais, tomei paixão pela escrita, no colégio sempre escrevia pequenos poemas, mas quando descobri o Nyah!Fanfiction, pow, tudo aconteceu. Aliás, tenho algumas fanfics por lá ainda.

Se “Amor Por Acaso” pudesse ter uma trilha sonora qual musica você escolheria? Nirvana, Aeromisth, Red Hot, Bon.... About A Girl,  Drain You, seriam algumas delas.
Você segue carreira apenas como escritor ou tem outra profissão? Escrevo por hobby mesmo, minha carreira profissional ainda estou em busca.

Deixe uma mensagem para nossos leitores: Bom, primeiro quero dizer que ser Leitor é um privilegio sem fim, pois toda vez que abrimos um livro viajamos para mundos diferentes e esquecemos todos os problemas pessoais que enfrentamos é como um escape da realidade ... Ler é algo surreal, maravilhoso e somos abençoados com esse dom que poucos possuem. Leia sempre, sorria e seja feliz em cada nova aventura. Beijos de Luz!

Lúcia Hill tem 25 anos e mora em Araçatuba - SP.

PARA LER "AMOR POR ACASO" CLIQUE AQUI!

ENTREVISTA COM GABRIELLI ALBUQUERQUE, AUTORA DE SE SOUBÉSSEMOS

SINOPSE: Se soubéssemos de tudo, seriamos perfeitos... É claro que essa vida não é pra mim, mas tentarei vivê-la o máximo que puder, só preciso achar algo que me motive, se soubessem como me sinto... Pessoas sem nada a oferecer. Uma com tão pouco e muita felicidade, outras com muito e nenhum motivo para estar aqui. Se soubessem que o destino prometia melhoras... Caminhos cruzados, pessoas com altos e baixos. Histórias de chorar, umas de rir outras de tristeza.


Como surgiu a ideia de escrever “Se Soubéssemos”? Bom, estava eu envolvida em um relacionamento com conflitos que acabou não seguindo a diante... Eu comecei a escrever sobre esse romance e busquei realidades parecidas.

Quanto tempo demorou para a história ficar pronta? Por conta do tempo quê tenho demorei cinco meses, porém tenho publicado aos poucos.

O que o leitor pode esperar de "Se Soubéssemos”? Acredito que muitas reviravoltas. Eu mantenho sempre surpresas e com isso adiciona muitas cenas inesperadas, basicamente eu sempre escrevo aquilo que o leitor menos espera que aconteça, o que me deixa contente.

Qual autor ou autora é seu preferido? Eles de alguma maneira te inspiraram a escrever? Eu amo muito a escritora de Harry Potter (J.K), mas tenho um grande afeto que me mantém muito feliz pela  Kathleen Grissom,  primeiro livro que li dela foi "Escravas de Coragem". Sim! Claro. Principalmente J.K, suas palavras transmitem amor e eu me identifiquei porque quem somos sem amor? Acredito que já lendo deixa todos com uma vontade de escrever a própria história e passar aos outros as mesmas sensações.

Se “Se Soubéssemos” tivesse trilha sonora qual música você escolheria? Com certeza as músicas da Clarice Falcão e faixas da banda Mumford and Sons,  a melhor é The Enemy.
Você segue carreira apenas como escritor ou possui outra profissão? Eu estudo para ser do exército, sempre foi meu sonho. Gosto de escrever, mas não me vejo ganhando apenas nesse ramo.

Deixe uma mensagem para nossos leitores: Bom pessoal, espero que gostem do casal que na verdade vive em pé de guerra e que se delicie com Se Soubéssemos. Eu gostaria de receber críticas construtivas, pois não sou perfect (risos). Beijos e tudo de bom a todos, abraços.

Gabrielli Albuquerque tem 16 anos e mora em Campinas - SP.

PARA LER "SE SOUBÉSSEMOS" CLIQUE AQUI!

ENTREVISTA COM ROSTORCH, AUTORA DE APAIXONADA PELO MEU PROFESSOR

SINOPSE: Fernandria, desacreditando no amor, se torna uma menina diferente da menina doce e meiga que um dia existiu. Agora sua maior felicidade está em fazer bagunça e zoar com todos aqueles que a enfrentam. Mas tudo muda com a chegada de seu novo professor. Ela vê todas as suas barreiras e estruturas abaladas. Caio se tornou pai muito novo e nunca pode viver um amor de verdade. Mas ao primeiro encontro com a encrenqueira, fica completamente mexido  pela adolescente que toma conta de seus pensamentos.


Como surgiu a ideia de escrever "Apaixonada Pelo Meu Professor"? A criação do meu livro surgiu em um momento meio de raiva digamos assim. Eu li uma obra no Wattpad há um tempo que o tema do livro era esse, a paixão de um professor e aluna, porém a aluna tinha 15 anos e o professor beirava os 40 anos de idade, e isso me deixou com muita raiva por ser pedofilia e ainda ter grande sucesso. Resolvi criar uma obra contra isso, onde professor e aluna tivessem idades diferentes, mas não muita e que mostrasse que pode sim haver um amor assim porque ninguém manda no coração, mas que ambas as partes tivesse ciente dos problemas que essa paixão poderia trazer.

Quanto tempo demorou para a história ficar pronta? Minha obra ainda está em andamento no Wattpad há exatamente 5 meses e ainda não tenho previsão de terminá-la. Mas terá no máximo 50 Capítulos.

O que o leitor pode esperar de  "Apaixonada Pelo Meu Professor”? Uma história de amor diferente, que irá enfrentar todas as barreiras impostas para chegar ao tão sonhado final feliz.

Qual autor ou autora é seu preferido? Eles de alguma maneira te inspiraram a escrever? Bem difícil essa, Alyson Noël e Lauren Kate. Eles me inspiram muito a escrever, pois escrevem gêneros realmente difíceis por ser algo irreal, mas mesmo assim obtiveram sucesso em suas obras. Então tudo é possível basta crer.

Se "Apaixonada Pelo Meu Professor" pudesse ter uma trilha sonora qual música você escolheria? Medo Bobo da Maiara e Maraisa, pois eles demoram um pouco a reconhecer que se amam mais pelo medo das consequências que essa decisão iria trazer para suas vidas.
Você segue carreira apenas como escritor ou tem outra profissão? Não me considero uma escritora no momento, pois escrevo mais por hobbie mesmo e sim isso é a única coisa que estou fazendo no momento.

Deixe uma mensagem para nossos leitores: Amores e amoras, agradeço primeiro a oportunidade. Espero que gostem realmente do meu livro, pois nele quis mostrar minha opinião sobre o que considero errado e o que deveria ser evitado escrever e ler em obras assim. Espero ter obtido sucesso em apontar minhas opiniões.

Rostorch tem 18 anos e mora em Laranja da Terra - ES.

PARA LER "APAIXONADA PELO MEU PROFESSOR" CLIQUE AQUI!

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

RESENHA DO LEITOR: MISTBORN - O IMPÉRIO FINAL

SINOPSE: O que acontece se o herói da profecia falhar? Descubra em Mistborn! Certa vez, um herói apareceu para salvar o mundo. Um jovem com uma herança misteriosa, que desafiou corajosamente a escuridão que sufocava a Terra. Ele falhou... Desde então, há mil anos, o mundo é um deserto de cinzas e brumas, governado por um imperador imortal conhecido como Senhor Soberano. Todas as revoltas contra ele falharam miseravelmente. Nessa sociedade onde as pessoas são divididas em nobres e skaa - classe social inferior -, Kelsier, um ladrão bastardo, se torna a única pessoa a sobreviver e escapar da prisão brutal do Senhor Soberano, onde ele descobriu ter os poderes alomânticos de um Nascido da Bruma - uma magia misteriosa e proibida. Agora, Kelsier planeja o seu ataque mais ousado; invadir o centro do palácio para descobrir o segredo do poder do Senhor Soberano e destruí-lo. Para ter sucesso, Kel vai depender também da determinação de uma heroína improvável, uma menina de rua que precisa aprender a confiar em novos amigos e dominar seus poderes.


Longos dias e belas noites pessoal! Hoje vamos falar do primeiro livro da trilogia Mistborn, O Império Final. Escrito por Brandon Sanderson, um dos autores mais renomados na fantasia mundial, foi lançado aqui no Brasil pela Leya em 2014 e acompanha as aventuras de Kelsier um nascido das brumas, definição de um humano com poderes de “puxar” e “empurrar” todos os metais conhecidos, enquanto ele tenta derrubar o Senhor Soberano.


No inicio de sua jornada Kelsier nota Vin, uma menina ladra que está dentro de um bando de ladrões auxiliando seu líder numa tentativa de enganar um representante do governo. Vin não sabe, porém ela mesma possui poderes, e, devido ao fato de não conhecê-los, ela é rastreada por um Inquisidor de Aço, um ser anormal capaz de caçar alomânticos (definição dos humanos com poderes relacionados a qualquer metal). Mesmo sem o conhecimento de Vin, Kelsier salva sua vida.


Uma das coisas mais interessantes nesse universo é o sistema de magia criado por Sanderson. A alomancia é explicada de forma brilhante e o desenvolver dos poderes e o domínio deles pelos personagens é bastante interessante e irá agradar a qualquer leitor de fantasia. Existem limitações e formas de utilizar cada poder de forma específica, todos com seus prós e contras.


Outro fator interessante é a personagem Vin. Uma menina pequena e magrela que acaba se revelando um verdadeiro tanque de guerra com o desenrolar do livro. Sua relação com Kelsier e os outros companheiros também é bastante interessante. Vin é uma menina, apesar de isso não ser um fator limitador, e dela não deixar isso ser uma fraqueza, ela não é a típica menininha dos livros.


O livro possui diversos mistérios que são revelados aos poucos, deixando o leitor cada vez mais curioso, levando-o a devorar o livro em poucos dias apesar do tamanho. Os direitos para um filme baseado no livro estão disponíveis no mercado aguardando interessados.

E lembrem-se: Sempre há outro segredo.

VITAMINAS:



RESENHA ESCRITA POR: EDUARDO REIS

Carioca, 27 anos, Analista de TI, Bibliófilo desde criança, fã de carteirinha de Cornwell e King.

ENTREVISTA COM BARBARA HERDY, AUTORA DE OSSOS

SINOPSE: Acredite no impossível. Bobbi McAvoy, uma reconhecida arqueóloga americana recebe uma proposta para uma exclusiva expedição. O trabalho é classificado e por isso ela só saberá dos detalhes, apenas quando chegar ao destino. O lugar? Egito. E como especialista na cultura Egípcia, é quase proibido para si negar tal proposta. O que não contava nos planos de Bobbi e sua equipe formada por Sky e Smith, seus visionários assistentes, e acima de tudo, companheiros, era ter de trabalhar com a equipe do departamento afiliado, comandada por John Barton, um arqueólogo com um misterioso passado com Bobbi e também um dos principais Seekers de sua geração. Até então, os Seekers é uma história de fantasma vista como uma verdadeira lenda no mundo da Arqueologia e Barton mudara isso. Ao chegarem ao Egito, uma reviravolta transforma a misteriosa expedição de interessante a extremamente perigosa, não apenas colocando suas vidas em risco, como mudando toda a história cultural e religiosa de um povo, o que poderá afetar também, a história mundial. Bobbi não terá apenas que desvendar o mistério por trás dessa impressionante e extraordinária expedição, o seu passado retornará o que a fará descobrir mistérios sobre sua própria natureza. Utilizando seus particulares dons memoriais, como também a lógica, coragem e impulsividade de Smith, Barton e Sky, eles lidarão com uma desconhecida ameaça e precisarão correr contra o tempo para se salvar de um mal irremediável que apenas eles terão o poder de impedir e se perderem, o nosso mundo mudará para sempre.



Como surgiu a ideia de escrever “Ossos”? Eu estava planejando algumas histórias, quando uma cena se destacou, entre os dois protagonistas de Ossos, Bobbi e Barton, eles estavam no aeroporto e o reencontro entre eles era, no mínimo, desconfortável. Fiquei curiosa e resolvi descobrir o motivo, quem eles eram, qual era a história por trás deles e quando vi o Universo de Ossos surgiu diante dos meus olhos.

Quanto tempo demorou para a história ficar pronta? Com a escrita, desenvolvimento, aulas na faculdade no caminho e muita (MUUUITA) pesquisa, 9, quase fechando em dez meses.
O que o leitor pode esperar de "Ossos”? É uma baixa fantasia, então você pode esperar elementos sobrenaturais e muita magia no enredo que acontece um pouquinho em Nova York, e principalmente, no Egito. Temos uma protagonista dona do próprio nariz e uma excelente egiptóloga. O seu par romântico é tão complicado que mal é capaz de amarrar o próprio sapato sem ajuda. Na parte secundária, temos um nerd nervosinho e uma arqueóloga novata com uma impulsividade felina. Eu amo diversificar uma história, então temos aventura, suspense, mistério, magia, muita comédia, romance e um pouquinho de drama como cereja no topo desse bolo. É um livro que, sem sombra de duvidas, te emerge no Universo dos personagens e não te dá oportunidade de recuperar o fôlego.

Qual autor ou autora é seu preferido? Eles de alguma maneira te inspiraram a escrever? Jane Austen me inspira monstruosamente. O seu humor irônico, o seu olhar realista sobre os personagens e a dureza sobre os relacionamentos humanos me inspira em todas as minhas histórias. J.K. Rowling  e o André Vianco e as suas histórias de vida são um mantra para mim.

Se “Ossos’’ pudesse ter uma trilha sonora qual música você escolheria? Curiosamente, ‘’Ossos’’ tem uma trilha sonora e vocês podem escutar aqui!




Você segue carreira apenas como escritor ou tem outra profissão? Sou escritora e sou estudante de Letras.

Deixe uma mensagem para nossos leitores: Oi, mates! Tudo bom com vocês? E aí, como vão as suas leituras? Espero que boas! Estamos vivendo um momento de ouro na Literatura Brasileira. Temos a nossa disposição diversos meios para leitura de novos trabalhos e diariamente, temos novos escritores surgindo com histórias incríveis para serem devoradas e curtidas por nós. Aproveitem. Deem uma chance a novas leituras, novos autores. Curtam e compartilhem suas histórias. Não deixem de comentar! É fundamental para um escritor saber que não está sozinho – sim, sofremos do complexo do ‘estou só, ninguém me ama’. E se você é um leitor com um pezinho na escrita: você está esperando o que para se aventurar na sua história? Comece hoje. Leiam, escrevam. Não desistam!

Bárbara Herdy tem 26 anos e mora em Niterói - RJ. 

Escritora do livro Apenas Respire, publicado na Amazon, tradutora, Moody, Hobbit, Slytherin,1840s Kid, Gamer, Hipster, Queen e Jane Austen me entenderia, mates.

PARA LER "OSSOS" CLIQUE AQUI!