terça-feira, 13 de dezembro de 2016

ENTREVISTA COM C. S. CAMARGO, AUTORA DE O MEDALHÃO DE ÍSIS

SINOPSE: Guerra, fé e magia. O Medalhão de Ísis é o primeiro livro de uma trilogia ambientada no Oriente Médio do século IV que narra a disputa de três reinos da Arábia por um antigo artefato divino. O leitor será levado a viver uma aventura fantástica através das belíssimas paisagens egípcias e a desvendar os mistérios de antigas criaturas do folclore árabe. Quando os caminhos do guerreiro Faris e da princesa Ahlam se cruzam, uma jornada perigosa se inicia em busca de peças do medalhão de Ísis. Com seu destino traçado pelos deuses egípcios, o casal precisa fugir de seres míticos e de reis que querem a todo custo o precioso medalhão a fim de trazer à tona um dos maiores conflitos do Antigo Egito: a guerra entre Ísis, Osíris e Seth.

Como surgiu a ideia de escrever “O Medalhão de Ísis”? Eu sempre gostei e li muito sobre os mitos do Egito Antigo e da Arábia. A ideia surgiu quando decidi escrever um livro de contos inspirado nas 1001 noites. O livro seria composto por várias histórias de personagens que viajavam pelo deserto. No decorrer da escrita, achei que uma das histórias, a do guerreiro Faris, deveria virar livro e comecei a desenvolver O Medalhão de Ísis.

Quanto tempo demorou para a história ficar pronta? Eu iniciei no dia 06 de outubro de 2010. Mas o livro só foi postado na Amazon em 2013 porque precisei revisar e conferir várias fontes históricas.

O que o autor pode esperar de “O Medalhão de Ísis”? Acho que muita aventura em meio ao que era a Arábia e o Egito no século IV. Há várias referências ao cenário daquela época. O leitor vai poder viajar pela paisagem egípcia, conhecer os mitos e histórias antigas, além de se emocionar com todos os personagens numa caçada e guerra pela vida eterna.

Qual seu autor favorito? Eles de alguma maneira te inspiram a escrever? Eu tenho vários, mas o que mais cito, sem dúvidas, é o Neil Gaiman. Ele é, realmente, uma grande inspiração, não somente pela genialidade das ideias que ele passa para o papel, mas também pela história dele, pela jornada até virar o autor conhecido que é hoje.

Se “O Medalhão de Ísis” pudesse ter uma trilha sonora, qual música você escolheria? Nossa, há várias que combinam muito com o enredo e jornada dos personagens. No livro 1 da trilogia, eu acredito que Breath Of Life, da Florence + Machine conta exatamente o dilema da Ahlam, uma das personagens principais do livro. Eu tenhouma playlist no Spotify para os leitores, caso se interessem!
Você segue carreira apenas como escritor ou tem outra profissão? Eu sou pesquisadora da área das migrações e hospitalidade pelo olhar da filosofia. Acabei recentemente meu mestrado também na área. Trabalho com projetos culturais e turísticos.

Deixe uma mensagem para nossos leitores: Primeiramente, muito obrigada pelo convite! Aos leitores, o meu mais sincero agradecimento também. Tenho recebido muitas mensagens pelas páginas no Facebook sobre o livro. Muitos comentários positivos sobre as personagens e vários deles eu realmente não esperava. A maior alegria para um autor é saber que as pessoas estão lendo suas histórias e gostando! Àqueles que ainda não conhecem O Medalhão de Ísis, os convido para se juntarem aos demais nessa caçada pela vida eterna, pelos templos do Egito e desertos da Arábia! Um grande abraço!

C. S. Camargo tem 28 anos e mora em Sapucaia do Sul - RS.

PARA LER "O MEDALHÃO DE ÍSIS" CLIQUE AQUI!

Um comentário:

Comente com o Facebook: