quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

ENTREVISTA COM JOE DE LIMA, AUTOR DE ARCANISTA

SINOPSE: Marcel Seeder é um tímido rapaz de 16 anos que vive em Vera Cruz, uma nação dividida pelo jogo de poder entre o governo, o exército independente chamado Arcanum e a sombra do grupo ecoterrorista Voz Verde. Marcel se preparou desde a infância para uma carreira militar como arcanista, seguindo os passos de seu pai. Entretanto, a visita oficial do Regente-Geral e de sua família à Arcanum irá deflagrar um terrível incidente. Para enfrentar a conspiração que busca assassinar Camilla Noble, a filha mais velha do Regente, Marcel precisará superar suas limitações e dominar a gema incrustada em sua mão. Com uma narrativa cinematográfica, Arcanista é mais que uma história de superação e sobrevivência. É a história de pessoas que tentam encontrar seu lugar em uma sociedade com um complexo cenário político e um colossal abismo social que separa a elite e a classe menos favorecida.


Como surgiu a ideia de escrever “Arcanista”? A única coisa que eu tinha certeza era de que queria contar uma história young adult. Aconteceu que quando planejava o livro, eu estava lendo “O Aprendiz de Assassino”, de Robin Hobb e também estava jogando o Tomb Raider de 2013. Nessas duas obras, os heróis são mais humanizados, se machucando bastante no caminho e tendo que se superar física e mentalmente. Gostei muito desse conceito e decidi usá-lo em Arcanista, transformando o meu protagonista, Marcel Seeder, numa figura assim. Também busquei influências de universos como Final Fantasy, Fullmetal Alchemist, Os 100 e outros.

Quanto tempo demorou para a história ficar pronta? Entre os rascunhos e o fim da primeira versão foram cerca de quatro meses. Mais depois veio a revisão, que é muito mais demorada. Somando essa parte e o lançamento, o tempo total chegou a mais ou menos um ano.

O que o leitor pode esperar de “Arcanista”? Tentei colocar várias camadas nesse livro. Em Arcanista, os leitores vão encontrar um livro com uma vibe cinematográfica, não só nas cenas de ação, mas em toda a narrativa. Tem elementos de conspiração, distopia e drama de sobrevivência. Também gosto de trabalhar bastante com personagens, então há elementos de romance adolescente com um bom destaque e ainda questões políticas e ambientais.

Qual autor ou autora é seu preferido? Eles de alguma maneira te inspiraram a escrever? Numa situação de vida ou morte, eu diria que meu autor favorito é Ken Follett. Para qualquer outro momento, não tenho um autor favorito. Procuro me manter atualizado sobre as novidades do meu nicho, que é ficção científica e fantasia, então busco mais os lançamentos que os autores. Nos últimos anos, os livros de James S. A. Corey são os que mais têm influenciado meu trabalho. Também busco algumas referências de gênero para trazer elementos diferentes para os meus livros, daí leio Rainbow Rowell, Joe Hill e outros.

Se “Arcanista” pudesse ter uma trilha sonora qual música você escolheria? Ah, a música é uma parte muito importante no meu processo criativo. Sempre escolho algumas para entrar no clima do livro e das cenas. No caso de Arcanista, a música principal foi Safe and Sound, de Taylor Swift e The Civil Wars. A letra tem tudo a ver com a história. Na verdade, quando escrevia cheguei a criar uma playlist inteira, que compartilhei no meu blog.
Você segue carreira apenas como escritor ou tem outra profissão? Viver de escrever é meu sonho, mas ainda não cheguei lá. Sou formado em Processos Gerenciais, se bem que nos tempos recentes tenho ganhado a vida mais como freelancer.

Deixe uma mensagem para nossos leitores: Recomendo a todos que procurem descobrir a literatura brasileira. Não por ser nacional, mas por ser boa. Temos hoje grandes autores e autoras de literatura fantástica que valem a pena ser lidos. E, por favor, não deixem de incentivar através de avaliações e comentários no Skoob ou no GoodReads ou sua plataforma favorita. Nem precisa ser um comentário elaborado. As editoras usam esse tipo de feedback para medir o interesse do público, por isso, um simples “gostei” faz toda a diferença.

Joe de Lima tem 34 ano e mora em Itumbiara - GO.

PARA LER "ARCANISTA" CLIQUE AQUI!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com o Facebook: