segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

ENTREVISTA COM KATHY SERAPH, AUTORA DE O AMANTE DO REI

SINOPSE: Após 300 anos ele voltou. Um mestiço que se tornou a fraqueza de um príncipe implacável agora precisa conquista-lo novamente, todavia, essa tarefa não será fácil. Agora rei, seu príncipe que se apaixonara apenas vendo seus belos movimentos, esta diferente e comprometido. O destino não está ao seu favor, cabe ver se a sorte estará. Um mestiço terá seu antigo amor proibido de volta? O coração que antes tinha poderá ser seu novamente? Ou roubado por outra pessoa? Ou melhor. Vampiro... A guerra entre duas raças apenas começou e a disputa igualmente. Quem será o vencedor não apenas na guerra, mas no coração do novo rei? Escolhas serão feitas, sacrifícios igualmente.


Como surgiu a ideia de escrever “O Amante do Rei”? Surgiu quando estava lendo o livro de uma amiga (que tem vampiros, mas não segue mesmo parâmetro), eu queria fazer um novo livro também que tivesse Kitsunes, com isso misturei vampiros e Kitsunes, seres totalmente diferentes em um mesmo universo.

Quanto tempo demorou para a história ficar pronta? Ainda ela não está pronta, ela é nova, tem ainda apenas 9 capítulos.

O que o leitor pode esperar de “O Amante do Rei”? Se o leitor gostar de uma história que além do romance tem muita ação, segredos em cada capítulos, mistérios sendo desenvolvidos, cenas fofas claro, então será a história perfeita para ele investir. Em O Amante do Rei quero mostrar um mundo diferente, e dentro disso casal homo na qual é mal aceito na sociedade, mostrar que até dentro de um livro eles podem quebrar barreiras e sorrir, então é possível acontecer isso na vida real. E claro, minhas partes preferidas, muitas lutas.

Qual autor ou autora é seu preferido? Eles de alguma maneira te inspiraram a escrever? Não tenho um autor preferido, cada livro que leio e adoro, vira meu preferido, não tenho aquele que sou obcecada/fã, até vou pelo livro, o enredo, gênero não pelo autor. Admiro todos, por que sei que não é fácil fazer uma boa história, mas de preferido não tenho.

Se “O Amante do Rei” pudesse ter uma trilha sonora qual música você escolheria? Na verdade, ela tem, porém, é só para mim, no Spotify coloco muitas trilhas sonoras como Two Steps For Hell para escutar, alguma mais calmas para cenas fofas e românticas, mas metade são trilhas sonoras que me inspiram muito.
Você segue carreira apenas como escritor ou tem outra profissão? Eu faço, e pretendo seguir na profissão de design gráfico, e claro, a minha paixão que é escrever.

Deixe uma mensagem para nossos leitores: Queria agradecer a todos que estão lendo e que vão ler, espero que amem a história que me dedico muito, e minha amiga, que também me auxilia na revisão fica escutando, aí acho que não está bom, que tal uma cena assim? Melhor fazer aquilo (risos). E obrigada também a uma certa leitora que aposto quando ela ler saberá que é ela que estou falando, que sempre esta comigo e ouvindo todos meus dramas. Antes de tudo, amem o Aley fofinho de orelhinhas brancas (risos) ~ ele é melhor!

Kathy Seraph tem 20 anos e mora em Poá - RS.

PARA LER "O AMANTE DO REI" NO WATTPAD CLIQUE AQUI!

PARA LER "O AMANTE DO REI" NO NYAH CLIQUE AQUI!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com o Facebook: