sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

RESENHA DO LEITOR: O DEUS DE BARACK OBAMA

SINOPSE: Barack Obama é a nova "estrela" da política americana, o "rosto" do futuro do partido democrata. E sua fé religiosa é o combustível de tudo que ele conquistou e fonte de grandes desafios em busca da presidência. Porém, a crença de Obama é mais do que de importância política. Ele está ajudando a dar voz à importância religiosa na cultura americana. Ele está também simbolizando uma nova geração. De forma importante, Obama está clamando por uma nova era de harmonia racial, uma harmonia que ele exemplifica como filho de um negro africano com uma mãe branca americana. Em O Deus de Barack Obama, Stephen Mansfield procura entender quem Obama é e como ele vai liderar, prevendo que Obama será um diferencial na política americana nas próximas décadas. Este livro serve como um guia essencial do personagem principal de uma das mais importantes histórias de fé do nosso tempo.


Oi gente!!! Bom eu não sou americana e também ainda não tive a oportunidade de viajar para os Estados Unidos, mas conhecer Barack Obama e saber que um dia um homem negro foi presidente do país mais poderoso do mundo me fez muito feliz e acreditar de fato: Yes, we can! Será um privilégio contar isso aos meus filhos. Obama dá adeus ao cargo em que ocupou durante oito anos. Mas, sua passagem pela Casa Branca irá reverberar pela história. O livro O Deus de Barack Obama - porque não existe liderança sem fé - revela a trajetória, desde sua infância, seu nascimento em Honolulu, no Havaí em 1961, o relacionamento com a Ann Dunham e o pai Barack Obama Sr., que foi o primeiro estudante africano da Universidade do Havaí - Obama não teve muita convivência com seu pai, pois seus pais se divorciaram quando ele tinha dois anos de idade - a linha de tempo completa com ingresso na universidade em Lons Angeles, o primeiro emprego, o cargo como Senador, até se tornar presidente dessa potência.


E foi Stephen Mansfield acompanhou Obama em seus passos, e testemunhou como a fé dele nunca o desamparou e foi um dos pontos principais para ter acreditado que realmente poderia vencer a corrida presidencial. Não é um livro sobre religião e sim, sobre religiosidade – espiritualidade, sobre como ter fé e acreditar em algo nos faz mais forte. Obama é muito respeitoso a diversas crenças e cresceu obtendo conhecimento de diversas delas, indo do islamismo (ensinado por seu padrasto ainda pequeno, casado com sua mãe Ann, onde a família morou um tempo na Indonésia) a fé tradicional cristã. Você pode não gostar dele, do partido, do país, mas deverá reconhecer que é uma bela história. Obama e sua família são espelhos da representatividade que nos falta. Obama é uma das pessoas que vejo a personificação a luta por igualdade, que ainda não teve fim e sim, eu sou fã dele e da família.


Não é um livro grande, contem narrativas importantes de diversos períodos da vida de Obama. As páginas são amarelas em um tom claro, e a leitura não é cansativa e no final do livro consta toda a bibliografia utilizada na pesquisa, inclusive a indicação dos livros do próprio Obama, reportagens de revistas e artigos. É um livro em que podemos compreender porque ele se se tornou um grande líder. Thanks Obama!!!


VITAMINAS:



RESENHA ESCRITA POR: GREISI SILVA
28 anos, administradora e artesã nas horas vagas, apaixonada por leitura e artes, não vivo sem música, poesia e cinema. Descobri que viajar é preciso e comer pipoca é fundamental para se ter boas ideias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com o Facebook: