quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

ENTREVISTA COM BRUNA RIBEIRO VAZ, AUTORA DE ETERNAMENTE

SINOPSE: É só acreditar que o amor é eterno que ele termina. É só acreditar que o amor terminou que ele recomeça. - Fabrício Carpinejar. Elissa tinha uma única ideia em mente: ser feliz. Não imaginava que isso pudesse mudar do dia para a noite. Quando aqueles olhos - olhos completamente negros - começam a assombrá-la... Achou que estivesse ficando louca. Conhecer James, fez suas perguntas aumentarem cada vez mais. Ela não sabia que sua vida corria perigo, muito menos os mistérios que sempre fizeram parte do seu ser. Sua curiosidade e seu desejo de saber a verdade sempre foram grandes, mas nunca pensou que a verdade pudesse ser mais de que pode suportar. Amor e incertezas. Ódio e medo.


Como surgiu a ideia de escrever "Eternamente”? Sabe aquelas ideias que surgem do nada? Foi bem assim. Eu já tinha começado outros livros, mas eram só rascunhos e essa ideia veio e não consegui resistir.

Quanto tempo demorou para a história ficar pronta? Bom, ela ainda está em andamento, mas acho que se juntar desde o primeiro rascunho, até a data que pretendo terminá-la, vai uns dois anos. 

O que o leitor pode esperar de "Eternamente"? Ele é um livro de fantasia, mas também tem o romance. No livro os leitores vão ver criaturas que nunca ouviram falar, mas tem aquelas que eles podem ter certeza de que seu papel vai aparecer.

Qual autor ou autora é seu preferido? Eles de alguma maneira te inspiraram a escrever? Um só? Tenho tantos, mas os primeiros são Rick Riordan e Cassandra Clare. Se eles me inspiram? Todos os dias. As histórias deles são únicas e eu me envolvi tanto... Fico imaginando um dia as pessoas vão se envolver com meu livro, como eu me envolvi com tantos outros.

Se "Eternamente" pudesse ter uma trilha sonora qual música você escolheria? Na história acontece tanta coisa que ainda não achei uma que pudesse dizer: ESSA! Mas se encontrasse seria uma sobre perigo e amor, é claro.

Você segue carreira apenas como escritor ou tem outra profissão? No momento só estou estudando.

Deixe uma mensagem para nossos leitores: Não sou muita boa com esse tipo de coisa, mas vamos lá. Se você tem um sonho nunca desista, ele não pode ficar para trás, muito menos por causa de outras pessoas. Você não vai querer uma vida vazia e triste, imaginando vários 'e se', não seja assim. Independentemente do que aconteça viva SUA vida. Viva os seus sonhos!

Bruna Ribeiro Vaz tem 16 anos e mora em Extrema - MG.

PARA LER "ETERNAMENTE" CLIQUE AQUI!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com o Facebook: