terça-feira, 14 de março de 2017

RESENHA DO LEITOR: DOIS MUNDOS (TESOUROS DA TRIBO DE DANA #1)

SINOPSE: Num futuro distópico, Marina é uma jovem brasileira que carrega a força e os poderes de três grandes deusas celtas. Ela é aquela que cria, acolhe e mata. Protegida por guerreiros, perseguida por mortais e desejada por deuses, precisa encontrar os míticos tesouros da Tribo de Dana se quiser salvar o que restou do mundo... Ano de 2021. A Terra está devastada e poucos são os sobreviventes. No Brasil, grupos se reúnem em pequenas vilas em torno da água potável. O oásis neste caos fica na Chapada dos Veadeiros, na Fazenda Tribo de Dana, onde vive um povo guerreiro que acredita tudo ser parte dos planos da Grande Mãe. Neste paraíso vive Marina. Considerada o avatar de três grandes deusas celtas, precisa lidar com poderes diversos de cura, vida e morte. Ao abrir o véu que separa o mundo de mortais e deuses, a jovem liberta antigas divindades. E dois domínios distintos estão prestes a colidir quando ela descobre que detém nas mãos o destino da humanidade.



Ei gente! Olha eu aqui novamente! A um tempinho atrás recebi Dois Mundo por meio da parceria feita com a autora. Confesso que nunca tinha lindo uma distopia. Simplesmente AMEI essa história e a escrita da Simone O. Marques é MA-RA-VI-LHO-SA!! Bora conhecer um pouco sobre a leitura do dia? Dois Mundos foi meu primeiro contado com a escrita da autora e com mitologia Celta. A obra é sim uma distopia como foi falado, mas há um toque de fantasia fantástica e de romance. Um romance meio implícito, mas um romance que espero ler mais nos próximos livros!



A personagem principal é Marina (um avatar/deusa), toda história precisa dela. Marina foi “escolhida” para “salvar o mundo”. Para isso, Marina precisava ser treinada para receber as três deusas: Brighit, Dana e Morrigan. Já pensou? Você descobrir tudo isso com apenas 13 anos? Foi bem assim com Marina. Ela vive em uma comunidade situada em uma fazenda em meio a Chapada dos Veadeiros (isso mesmo, a história se passa no Brasil.) Lá ela vive com seu pai, as irmãs, os druidas e também com os 'guerreiros de Dana' ou sombras kkkkk. Esses últimos são destinados a proteger a vida de Marina. É ai que entram Brian e Arthur.



Vários acontecimentos foram surgindo e o tempo passando, Marina agora tem 17 anos e se tornou uma bela moça e digamos um pouco revoltada. Em um desses momentos de revolta ela coloca sua dupla de sombras e a si própria “em perigo”. Por causa desse momento o chão cede e eles estão dentro de um poço, entre DOIS MUNDOS – HUMANO E O DA DEUSA DANA. Daí em diante é só aventura! Para sair desse “buraco” eles precisam achar alguns tesouros. Como se isso tudo não fosse suficiente, Brian passa a desenvolver certos sentimentos em relação à Marina. Tudo na história é bem interessante à trama, os personagens. Com o desenvolver da história o leitor vai entendendo melhor o que consiste para Marina ser o avatar da deusa. Também conhecemos Pedro, um amigo de fora da fazenda que ainda é um oráculo.



Já imaginava que a história iria ser boa, mas não esperava que seria TÃO surpreendente assim! Tudo no enredo faz a leitura fluir, uma vez que, tudo é bem explicado. Sendo o final um gancho para os próximos livros da série. Isso mesmo, o final é para deixar o leitor com gostinho de quero mais. Gostei muito de conhecer um pouco da mitologia Celta e a maneira como isso foi colocado de maneira natural no cenário brasileiro. 



Com personagens cativantes e donos de personalidades bem fortes. E os detalhes? LINDOS! Capa linda, folhas na espessura boa e de tonalidade meio amarelada (do jeito que eu gosto!Sem falar na abertura dos capítulos. Toda a diagramação é nota 10. Até a próxima semana com um NEWADULT MARA!! Beijos com amor, Rê! 



Ficha técnica:
ISBN: 978-85-68674-10-9

Idioma: Português

Número de páginas: 256

Formato: 16x23x2 (cm)

Peso: 0,41 Kg
Edição: 1
Ano: 2016

VITAMINAS:



RESENHA ESCRITA POR: RENARA CABRAL PEREIRA PAVEZ
24 anos, capixaba e casada. Formada em pedagogia. Amo ler e dar aula. A leitura me faz viajar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com o Facebook: