quarta-feira, 31 de maio de 2017

ENTREVISTA COM JEFF OOKAMI, AUTOR DE BALANCE BREAKER - O HERDEIRO DOS DOIS PODERES

SINOPSE: Antes do surgimento do Tempo, havia somente duas existências: A Luz e as Trevas. Tudo começou após a fusão desses seres primordiais e distintos. Ao se unirem, deram origem a uma Divindade que não suportou o fardo imposto pela existência das Trevas, até então parte dela. Após remover essa existência de si e a selar em um mundo paralelo, a Divindade usou sua energia vital para dar vida a oito seres, chamando-os de Arcanjos. Em seguida, também fez surgirem os Anjos e Serafins. Porém, um de seus Arcanjos acabou sendo possuído pela existência das Trevas, que havia quebrado seu aprisionamento e voltado em busca de vingança. Teve início, então, uma guerra que desencadearia o nascimento de uma criança híbrida, fadada a sofrer por herdar os poderes pertencentes às duas existências primordiais. Venha se envolver em uma história dramática envolvendo a vida de Kanozuke Kazuya, que terá que suportar as mais terríveis circunstâncias para proteger todos aqueles que mais ama.


Como surgiu a ideia de escrever "Balance Breaker: O Herdeiro dos Dois Poderes"? Em 22 de maio de 2014, comecei a ter algumas ideias na ida ao trabalho, como gosto de animes (animações japonesas), filmes, séries e games que tenham um bom enredo, pensei porque não colocar no papel as ideias que surgiram e ver onde chegaria. Então, a partir daí, decidi escrever. Conforme o tempo passava as ideias continuavam, então comecei a estudar um pouco da bela cultura japonesa, expressões corporais, algumas cidades e, até alguns conceitos de medicina, para poder melhorar estrutura do romance, porque mesmo sendo ficção, eu não queria mais apenas escrever, meu objetivo agora era fazer a história ficar bem estruturada, a ponto de transmitir muitos sentimentos para quem lesse. Aprendi que o mais é importante em um livro é a capacidade dele gerar emoções, e é com este pensamento que construí o mundo dentro da minha história.

Quanto tempo demorou para a história ficar pronta? Levei 3 meses para finalizar a história, que ficou com aproximadamente 180 páginas, no formato padrão de A4, conforme conseguia tempo, fui revisando a estrutura do texto e acertando todo o contexto da trama, o que levou aproximadamente 7 meses. Procurando melhorar o texto para fazer com que o leitor se envolva com a história e se apaixone pelos personagens, levei mais 1 ano para finalizar o livro, desde o desenvolvimento de uma capa para registrar, ao contexto completo, com sinopse, sumario, etc. No final de 2016 consegui enviar o original para a Editora Arwen, que abriu a porta para publicação. Agora em maio deste ano (2017), a equipe da editora finalizou a nova capa e abriu a pré-venda do meu livro. O que me deixa contente, porque cada exemplar vendido, é um leitor que passa a fazer parte desse sonho dedicado especialmente a eles.

O que o leitor pode esperar de "Balance Breaker: O Herdeiro dos Dois Poderes"? A história do meu livro segue o estilo Light Novel Japonês, que são histórias leves no estilo de mangás, porém, seguindo uma narrativa e, a maioria contendo romance e/ou uma trama muito chamativa, às vezes voltadas para o drama, como o meu livro. Muitos Light Novels acabam se tornando animações, filmes, e series sequenciais, atraindo mais ainda o interesse das pessoas, o que é o maior objetivo de um escritor desse gênero. Em Balance Breaker (destruidor do equilíbrio), a trama leva o leitor sentir diversas emoções devido o drama vivido pelo personagem principal, descrito em um trecho da sinopse “uma história dramática envolvendo a vida de Kanozuke Kazuya, que terá que suportar as mais terríveis circunstâncias para proteger todos aqueles que mais ama”.


Qual autor ou autora é seu preferido? Eles de alguma maneira te inspiraram a escrever? Não tenho uma preferência exata porque são tantas ideias e histórias, tantos autores geniais que fica difícil de escolher um apenas, mas um que admiro é Reki Kawahara (Autor dos Light Novels – LNs Accel World e Sword Art Online). Sim, tive o incentivo para começar depois de acompanhar diversos trabalhos onde os autores conseguiam elevar as emoções dos leitores ou telespectadores com suas criações.

Se "Balance Breaker: O Herdeiro dos Dois Poderes" pudesse ter uma trilha sonora qual música você escolheria? Tenho algumas em mente, as duas principais “Florence and Machine - Breath of Life” e “Thousand Foot Krutch –  Be Somebody”. Também há algumas trilhas sonoras, onde determinados pontos delas se encaixariam bem nos momentos de mais tensão, como “Sons Of Pythagoras - From The Ashes (Epic Modern Cinematic Hybrid)” e "Ride of the Gargoyles" por Johnny Klimek, Reinhold Heil & Lisa Gerard.
Você segue carreira apenas como escritor ou tem outra profissão? Tenho outras profissões também. Atualmente trabalho como administrativo em um Hospital e sou técnico em informática.

Deixe uma mensagem para nossos leitores: Eu tenho uma imensa honra e alegria em compartilhar com vocês a minha obra, na qual passei vários dias para fazer uma bela história pensando em transpassar uma leitura agradável e envolvente. Agradeço sem medidas aos Leitores por fazerem parte de cada letra desta história, escrita com tanto carinho e dedicação, porque é para vocês que a construí. Muito obrigado!

Jeff Ookami tem 32 anos e mora em São Paulo - SP.

PARA COMPRAR "BALANCE BREAKER - O HERDEIRO DOS DOIS PODERES CLIQUE AQUI!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com o Facebook: