quarta-feira, 17 de maio de 2017

ENTREVISTA COM LILY FREITAS, AUTORA DE CONSTRUINDO A PAIXÃO

SINOPSE: Dizem que o amor nos surpreende quando menos esperamos, mas às vezes ele literalmente nos atropela. Quando Gustavo Azevedo atropelou sem querer a bela ruiva Gleicielle Pinheiro, ele não imaginava que sua vida viraria de ponta cabeça para sempre. Seu passado é repleto de dor e rejeição, já que até mesmo os seus próprios pais nunca demonstram amor por ele, por esse motivo Gustavo não acredita que possa ser amado. Mas ao se envolver com a doce Gleicielle, ele começa a acreditar que existe uma chance para ser feliz. A paixão incendeia a vida dos dois e um jogo sensual cheio de reviravoltas envolve o casal, porém, a maldade do seu próprio pai o deixa em uma situação em que pode custar o seu futuro. Ele terá que contar com a ajuda das pessoas que realmente o amam para conseguir ter um final feliz com a mulher que roubou seu coração.


Como surgiu a ideia de escrever “Construindo a Paixão”? Escrevi esse livro depois de ouvir a história de uma amiga que foi atropelada na frente da faculdade e acabou se apaixonando pelo rapaz que a atropelou.

Quanto tempo demorou para a história ficar pronta? Demorei cerca de 7 meses para finalizar o livro.

O que o leitor pode esperar de “Construindo a Paixão”? Esse é um livro que fala da ausência da família, da falta de amor e da descoberta dele. Em Construindo a Paixão você vai perceber que o amor pode atravessar a sua vida quando menos espera.


Qual autor ou autora é seu preferido? Eles de alguma maneira te inspiraram a escrever? Amo de paixão Nora Robert, ela me fez voltar a ler e também gosto da Nana Pauvolih, uma autora brasileira que escreve romances incríveis. Ambas despertaram a minha vontade de escrever os meus romances.

Se “Construindo a Paixão” pudesse ter uma trilha sonora qual música você escolheria? Ainda Bem, da Marisa Monte.
Você segue carreira apenas como escritor ou tem outra profissão? Sou professora de História, é das minhas aulas que vivo, mas sonho um dia poder viver apenas dos meus livros.

Deixe uma mensagem para nossos leitores: Nunca desista dos seus sonhos, milagres acontecem todos os dias.

Lily Freitas tem 37 anos e mora em Nova Iguaçu - RJ.

PARA LER "CONSTRUINDO A PAIXÃO" CLIQUE AQUI!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com o Facebook: