sexta-feira, 12 de maio de 2017

ENTREVISTA COM TAIANÁ PAIXÃO, AUTORA DE UM NOVO DIA, UM NOVO RECOMEÇO

SINOPSE: Uma decepção. Uma família que não é uma família. Um rumo obrigatório a sua vida estava seguindo. É assim que a Clarisse estava se sentindo, observando e levando a sua vida. Uma decepção imensa que ela teve, uma família que não tava nem aí para ela e um rumo que ela tava levando a sua vida muito diferente que ela pensava, fez com que a Clarisse jogasse tudo para cima e recomeçasse uma nova vida e da sua maneira.


Como surgiu a ideia de escrever “Um Novo Dia, Um Novo Recomeço”? A ideia surgiu de imediato. Um frase veio na minha cabeça (que é o título do livro) e junto com a frase veio nomes de personagens, o enredo, os avatares e a cidade que ia passar a história. Mandei um áudio ás 06:30 da manhã para uma amiga minha que é autora (Cris Andrade) e contei tudo para ela. Aí ela disse: Escreva que eu te ajudo e foi o que eu fiz. Nunca tive a intenção nenhuma de escrever e hoje estou publicando esse livro que virou trilogia. Vou escrever os livros dos personagens secundários.

Quanto tempo demorou a história ficar pronta? 5 meses.

O que o leitor pode esperar de “Um Novo Dia, Um Novo Recomeço”? O livro é baseado nas coisas que eu passei. Fala da minha luta de um novo recomeço e de superação. Falo dos preconceitos que eu vivi e ainda vivo, da minha doença. Envolve família também.

Qual autor ou autora é seu preferido? Eles de alguma maneira te inspiraram a escrever? É impossível eu dizer qual meu autor ou autora preferidos. Eu leio muito, então cada história que eu leio, eu me encanto. Então fica difícil de falar. Acho que a minha inspiração foi eu mesma. Aliás, quem me inspirou a escrever foi um problema que eu estava passado na época.

Se “Um Novo Dia, Um Novo Recomeço” pudesse ter uma trilha sonora qual música você escolheria?
Se você deixou de acreditar
se a vida só faz piorar.
Pegue a estrada e desligue o celular
veja o por do sol em frente ao mar.

Pôr do Sol - Sorriso Maroto
Você segue carreira apenas como escritor ou tem outra profissão? Eu tenho outra profissão. Trabalho na empresa da minha família.  A escrita, posso dizer que é a minha salvação para não desanimar. 

Deixe uma mensagem para nossos leitores: Faça novos dias, novos recomeços. Não deixem ninguém tomar as decisões por vocês, corram atrás daquilo que vocês tanto desejam. Leve a sua vida da sua maneira e as últimas decisões sobre a sua vida sejam a sua.

Taianá Paixão tem 33 anos e mora em Macapá - AP.

PARA LER "UM NOVO DIA, UM NOVO RECOMEÇO" CLIQUE AQUI!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com o Facebook: