sexta-feira, 5 de maio de 2017

PRIMEIRAS IMPRESSÕES: MOINHO DE INVENTO

SINOPSE: Moinho de InVento é um livro de poesias otimistas e reflexões singelas sobre a vida. Seus versos sobre sonhos, medos, paixões, saudades, alegrias e esperanças foram inspirados pelo vento; a autora coloca a construção do pensamento em três fases — a lufada, a ventania e a brisa —, do repentino e passageiro ao forte e contínuo, até chegar ao ponto onde tudo se acalma. Escrito e ilustrado à mão pela própria autora, sua linguagem é leve, branda e repleta de metáforas que sustentam a ideia de que devemos nos reinventar a cada momento. Mesmo que haja ventania, tudo tende à calmaria, tudo tende à poesia, tudo tende à brisa.


Oi minha gente! Mais uma semana de Primeiras Impressões e vamos falar de poesia. Sim, estou muito poeta ultimamente. Hoje, do primeiro capítulo do livro Moinho de InVento, esse primeiro capítulo tem 60 páginas feitas à mão. A autora Anna Julia Dannala deu uma entrevista para o blog falando sobre o livro e você pode conferir clicando aqui!


Na verdade, esse projeto é 90% escrito e ilustrado a mão, os outros 10% são poesias digitadas em word ou escritas na máquina de escrever (olhaaa, momento nostalgia) e eu achei demais! Gosto de coisas diferentes e principalmente que chamem a atenção para desenhos e ilustrações, desse modo as letras ficam em formatos diferentes. É um projeto longo, e na minha opinião, está bem construído as sequencias entre as páginas, ou melhor, entre as poesias e as ilustrações, ou pode não ter uma “sequência lógica”, mas mesmo assim, está bem feito. Me lembrou muito o livro de poesias do Eu Me Chamo Antônio, também feito a mão e em guardanapos, cada letra da página tem formato de letra, deixando cada poesia de forma única.


Como Moinho de InVento é feito a mão, e como boa artesã, adoro, e sei o quanto é gratificante ver um trabalho que você mesmo fez ali prontinho para dividir com outras pessoas, seja em material ou em uma tela. Para quem gosta de poesia, desenho e viajar nesse universo das palavras: no que se tem a ver e ouvir da vida, é um ótimo livro, com poesias leves, rápidas, profundas, para todos os gostos. Uma leitura bem agradável. Adorei! Como sou fã de Alice no País das Maravilhas, amei essa ilustração do chapeleiro maluco.


RESENHA ESCRITA POR: GREISI SILVA
28 anos, administradora e artesã nas horas vagas, apaixonada por leitura e artes, não vivo sem música, poesia e cinema. Descobri que viajar é preciso e comer pipoca é fundamental para se ter boas ideias.


PARA COMPRA O LIVRO "MOINHO DE INVENTO" CLIQUE AQUI!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com o Facebook: