quarta-feira, 28 de junho de 2017

RESENHA DO LEITOR: VIDAS ROUBADAS

SINOPSE: Joana Prates torna-se uma revelação no mundo da moda ao desenhar e costurar vestidos de presidiárias para um desfile na cadeia, onde fora presa injustamente aos 33 anos. Acusada de sequestrar um bebê, após uma armadilha plantada pela irmã mais velha, ela encontra a consagração ao sair da penitenciária, mas precisa lidar com os fantasmas do passado e traumas causados pela sua conturbada família. O reconhecimento profissional traz inúmeras entrevistas onde ela é obrigada a explicar os motivos que a levaram à prisão. Durante seu primeiro desfile, ela conhece Alexia Soares, uma respeitada jornalista do jornal Diário Mundial. A repórter foi obrigada por sua editora-chefe a abandonar o jornalismo investigativo ao iniciar uma intrigante e terrível investigação sobre tráfico de bebês, que causou riscos a própria vida. Obrigada a entrevistar Joana, Alexia descobre elos entre a injusta prisão da estilista, a matéria que estava investigando e a promessa feita a sua mãe, que nunca conseguira cumprir, de encontrar a irmã desaparecida. Para limpar sua honra, Joana aceita ajudar Alexia a concluir a reportagem para desbaratar a perigosa quadrilha e mergulham em um mundo onde verdades que ambas nunca pensariam ter que enfrentar são reveladas.


Oi gente! Não sei nem como começar o texto de hoje... têm alguns minutos que estou parada olhando a tela do computador sem saber como falar sobre Vidas Roubadas da autora Ana Claúdia Esquiávo (para conferir a entrevista com a autora clique aqui). Calma! Deixa eu explicar... Vidas Roubadas foi uma leitura difícil para mim. Não por ser um livro ruim, pelo contrário!! A Ana Claúdia Esquiávo escreve muito bem e trouxe um tema muito sério e relevante. Vamos combinar assim, conforme for escrevendo vou explicando a história para vocês. Vamos lá?


A autora nos apresenta uma trama onde o tráfico de crianças é o tema (isso não é spoiler), a leitura foi “difícil” para mim por conta do tema. Sabe, não sou mãe (ainda, espero ser!), mas fiquei pensando na dor das mães que têm ou tiveram um pedaço de suas vidas sendo arrancado delas. Em seu livro, Ana Claudia apresenta ao leitor Joana, uma jovem que já sofreu muito e que quando acha que tudo está indo bem se vê metida em uma grande encrenca. Joana é indevidamente acusada de ROUBO DE BEBÊS. Durante o tempo que esteve na prisão, Joana descobre um grande talento – desenhar roupas. O tempo passa e Joana se torna uma grande estilista. Porém, as coisas não são fáceis. E o primeiro desafio que Joana enfrenta é o preconceito. Principalmente o preconceito de sua família – isso torna tudo mais difícil.


Bem, isso explicado vamos ao “ponto principal” da história. E é aí que a jornalista Alexia Soares entra na história. Alexia está investigando um crime que coincidentemente está conectado ao caso de Joana. Ao perceber que uma grande injustiça foi feita, a jornalista vai até Joana. É nesse ponto da história que começa toda a ação. Juntas, Joana e Alexia partem em busca da verdade, para de tal maneira poderem limpar o “nome/honra” de Joana. O maior desejo delas é colocar uma perigosa quadrilha de tráfico de bebês atrás das grades. Como perceberam o tema é bem forte! E isso mexeu muito comigo... Ler Vidas roubas foi um mix de emoções. Parabéns Ana Claúdia Esquiávo! Parabéns pela coragem de tratar em sua obra um tema tão complicado!! Desejo muito sucesso em sua carreira, que Deus te abençoe muitíssimo. Até a próxima, pessoal! Beijos, Renara.


VITAMINAS:



PARA LER "VIDAS ROUBADAS" NA AMAZON CLIQUE AQUI!

PARA LER "VIDAS ROUBADAS" NO WATTPAD CLIQUE AQUI!


RESENHA ESCRITA POR: RENARA CABRAL PEREIRA PAVEZ
25 anos, capixaba e casada. Formada em pedagogia. Amo ler e dar aula. A leitura me faz viajar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com o Facebook: