quarta-feira, 12 de julho de 2017

RESENHA DO LEITOR: VIDA E MORTE: CREPÚSCULO REIMAGINADO

SINOPSE: Quando Beaufort Swan se muda para a melancólica cidade de Forks e conhece a misteriosa e atraente Edythe Cullen, sua vida dá uma guinada emocionante e apavorante. Com a pele de porcelana, os olhos dourados, uma voz hipnótica e dons sobrenaturais, Edythe é ao mesmo tempo enigmática e irresistível. O que Beau não percebe é que, quanto mais se aproxima dela, maior o perigo para ele e para os que o cercam. E pode ser tarde demais para voltar atrás... Em comemoração ao aniversário de 10 anos da publicação de Crepúsculo nos Estados Unidos, Stephenie Meyer fez Vida e Morte, uma corajosa releitura da icônica história de amor que vai surpreender e encantar os leitores. Esta edição especial dupla inclui ainda um prefácio da autora e o romance original na íntegra.


SIM. EU SOU FÃ DE CREPÚSCULO. E vocês não imaginam o quanto fã eu sou!! Lembro que quando saiu Amanhecer (último livro da Saga) fiz meu marido (então namorado) comprar na pré-venda! E os filmes? Sempre na pré-estreia kkkkk. Pensem então na alegria da pessoa aqui quando descobriu que teria uma edição especial comemorando os 10 anos da saga! SIIIM!! Eu enlouqueci! E amei a ideia de trocar os gêneros dos personagens! Acredito que não precise lembrar a história de Crepúsculo, mas tivemos resenha dele esses dias aqui (para ler clique aqui). Vamos combinar né? Todos conhecem Twilight (gostando ou não), mas sou uma pessoa do tum tum bom e vou fazer um review rapidinho: Beau (Bela na versão original) se mudou para Forks para que sua mãe Reneé ter mais liberdade com seu novo marido. Assim sendo, ele vai morar com seu pai Charlie, começando uma nova vida. Vida nova, colégio novo! E lá Beau conhece a misteriosa e bela Edythe Cullen (Edward). 


No começo ela perece rejeitar o rapaz, mas do decorrer da história vai mostrando interesse pelo novato da turma. Edythe é uma vampira (cara de espanto kkkkkk #brincadeira) e o amor dela e de Beau seria impossível, mas ele é forte! Confesso que esperava que edição de 10 anos, a autora fosse lançar  tão aguardado ‘Sol da Meia Noite’, Crepúsculo na visão de Edward Cullen. Ainda tenho esperança de sair essa versão. Quem sabe nos 15 anos?! Saber que ia ter um Crepúsculo reimaginado foi muito interessante.  Rever Bela e o Edward foi mágico, ainda mais da maneira invertida. Beau me surpreendeu, pois ele e menos complicado que a Bela. Edward, foi por muito tempo visto como o “homem perfeito” para várias pessoas da minha época (que velha!!), e sua versão feminina fez mais que jus ao original. Edythe é decidida, apaixonada, forte e ENGRAÇADA! Sim ela é!


Creio que o casal de Vida e Morte são mais engraçados que os de Crepúsculo por um único motivo: em Vida e Morte não há aquela depressão na relação. O casal da nova versão possui bastante senso de humor. Outra coisa muito importante é o final do livro (sem spoiler). Por Vida e Morte ser um único volume a autora fez um final diferente do original. Mas o que é a diferença, eu não conto e não conto mesmo. Obrigada Editora Intrínseca por unir as duas versões! Mesmo com o ISBN bem no meio da capa de Vida e Morte rs. Bom, eu mais que indico Vida e Morte. E você que não é tão fã ou não é fã mesmo, sugiro que conheça essa versão ;) Assim como Edward e Bella, Edythe e Beau já ganharam um espaço todo especial no meu coração e na lista de livros favoritos. Beijos para vocês, até a próxima, Rê. 



VITAMINAS:


RESENHA ESCRITA POR: RENARA CABRAL PEREIRA PAVEZ
25 anos, capixaba e casada. Formada em pedagogia. Amo ler e dar aula. A leitura me faz viajar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com o Facebook: